Zé Ramalho e Sepultura no palco Sunset

Zé Ramalho e Sepultura no palco Sunset

O Palco Sunset ficou marcado por um grande encontro no último dia de Rock in Rio 2013. No último show do palco no domingo (22), se apresentaram Sepultura e Zé Ramalho. Mesclando repertórios, o “Zépultura”, apelidado pelo próprio guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser, levou ao delírio o grande público que assistia a apresentação.

O Sepultura, que já havia se apresentado na quinta (19) no palco principal, iniciou sua apresentação por volta das 19h30, tocando músicas clássicas como Dark Wood of Error, Inner Self, Propaganda. E relíquias do disco Roots como Dusted e Spit. Antes da entrada de Zé Ramalho a banda ainda tocou Da lama ao caos, de Chico Science e Nação Zumbi. Perto de comemorar 30 anos de Sepultura, Andreas disse ao público que o show era único, o que motivava abanda a tocar músicas que costumeiramente não tocam ao vivo.

Recebido com grande carinho por parte dos “headbangers”, Zé Ramalho cantou sucessos de sua carreira como Dança das borboletas, Jardimdas Acácias e Mote das amplidões, além da música Em busca do ouro, parceria de Kisser com o guitarrista dos Titâs Tony Belloto. As últimas duas músicas foram cantadas tanto por Sepultura como Zé Ramalho. Primeiro Ratamahata, também do disco Roots e fechando com Admirável gado novo, cantada por todos os presentes na plateia.

Fontes: G1, UOL, Terra, Folha, IG / Foto: whiplash.net

Anúncios