Início

Elba Ramalho lançou novo CD no Recife

Deixe um comentário

Elba Ramalho lançou no Recife, na última quarta-feira (29), o novo CD ‘Do meu olhar pra fora’. O show começou as 20h, no Teatro Eva Herz da Livraria Cultura, no Shopping RioMar, no Pina, Zona Sul da cidade. Com 150 lugares disponíveis, CD (vendido no local), autógrafo e conversa com os fãs. O preço do produto não foi informado. Os primeiros compradores ganharam de brinde um pocket-show exclusivo.

‘Do meu olhar pra fora’ é o 33° trabalho da artista paraibana e traz o som pop contemporâneo formatado pelos jovens produtores Luã Mattar, primogênito da cantora, e o pernambucano Yuri Queiroga. O disco marcou a estreia de Elba na gravadora e distribuidora Coqueiro Verde, da família Erasmo Carlos.

O CD tem o acordeom de Rafael Meninão em harmonia com as batidas eletrônicas do DJ Dolores e os pífanos de Dirceu Leite, em arranjos que remetem ao balanço de ritmos como xote e baião com pegada pop contemporânea.

Fonte: Site G1

Ingressos para Rock in Rio 2015

Deixe um comentário

O maior festival musical do mundo está de volta – o Rock in Rio chegou! Grandes nomes como Rihanna, Katy Perry, Metallica, Queen, Elton John, e muitos outros estão confirmados para essa que será a melhor edição de todos os tempos! Por isso não perca tempo. O Site Viagogo tem oferta de ingressos Rock in Rio 2015 , garanta logo os seus. A Viagogo é o maior mercado de ingressos do mundo e o mais seguro. Por isso seus ingressos Rock in Rio são 100% garantidos. Não perca essa oportunidade de comprar os seus ingressos Rock in Rio. Depois é só aproveitar.

Fonte: Site Viagogo

Rock In Rio vira palco de encontros, Zé Ramalho e Sepultura

Deixe um comentário

Um encontro inusitado aconteceu no Rock in Rio, na noite na noite de domingo(19/09), o metal pesado do grupo Sepultura e voz marcante de Zé Ramalho levaram o público ao delírio.

A plateia aguardava irrequieta, não só pela presença dos rockeiros. O clamor ecoava na frente do palco Sunset, chamando pelo nome do cantor paraibano: Zé Ramalho. O primo da cantora Elba Ramalho é conhecido por incorporar em suas músicas elementos místicos, com seu visual preto, underground com pegada de seriedade, conceitual, que lembra o estilo dos roqueiros.

A banda Sepultura subiu primeiro no palco, cantando seus maiores sucessos. “Innerself” e “Propaganda”, levou o público ao delírio, a banda incluiu músicas inéditas, “The Hunte” e a versão de “Da lama ao Caos”, de Chico Science. Segundo Andreias Kisser, vocal da banda, essa música estará no próximo álbum da banda.

Foto por Ariel Martini / I Hate Flash

Lá pela metade do show Zé Ramalho foi chamado ao palco, “É uma grande honra e um grande privilégio dividir o palco com essa lenda, esse mostro da musica brasileira”, disse o cantor Kisser, sob aplausos calorosos. O cantor de Avôhai, visivelmente emocionado tratou de devolver logo a gentileza, “Prazer imenso estar dividindo o palco com uma banda poderosa como o Sepultura, nessa noite linda do metal!”.

A banda acompanhou o cantor que cantou alguns de seus grandes sucessos como “A dança das borboletas” música que fez parte da trilha sonora do filme Lisbela e o Prisioneiro, além de “A busca do Ouro”, deixando para o final a versão de “Admirável Gado Novo” cantada em coro pela plateia.

José Ramalho Neto – Biografia de Avôhai

Deixe um comentário

José Ramalho Neto. Made in PB. Mais precisamente no pequeno município de Brejo do Cruz, nascido no dia 03 de outubro de 1949, de umbigo cortado à faca peixeira, filho de Antônio Pádua Pordeus Ramalho (um seresteiro), e de Estelita Torres Ramalho (uma professora primária). Teve uma única irmã, Goretti, que faleceu em 1991. Seu pai afogou-se em um açude, e Zé com apenas dois anos fica órfão de pai.

Enquanto sua mãe muda-se para Recife com a única irmã de Zé, o avô, o popular Avôhai, José Alves Ramalho, o “toma” para criar, consternado pela morte do filho. Zé Ramalho, com apenas dois anos de idade, muda-se com toda a família Ramalho para Campina Grande, e é criado não só pelo avô e pai, mas como por sua avó Soledade, suas tias Maria Madalena (que foi também sua primeira professora), Inês, Terezinha (Tetê), Zélia e pelo tio Nonato Ramalho. O relacionamento com o avô sempre foi de muito respeito. Seu avô desde cedo o ensinou a amar os bichos e a natureza, a respeitar as pessoas e nunca passar por cima delas em hipótese alguma para poder atingir seus objetivos. Foi com Avôhai que Zé teve as primeiras percepções sobre a vida e sobre o homem nordestino. A importância do avô é cantada mais tarde na música “Avôhai”, palavra esta que significa “avô e pai”, e lhe foi soprada por entidades extraterrestres ou sensoriais, 20 anos depois.

O primeiro trabalho do século XXI foi o álbum e DVD tributo “Zé Ramalho Canta Raul Seixas”, com regravações de canções do músico baiano, trabalho que foi premiado com disco de ouro. Dividiu o palco com Elba Ramalho no Rock in Rio III, cantando Raul Seixas e Luiz Gonzaga. Em 2002, a Som Livre lança um CD de grandes sucessos chamado Perfil, com os maiores sucessos de Zé. Também em 2002, veio o décimo sétimo álbum, “O Gosto da Criação”. Em 2003, gravou outro álbum “Estação Brasil”, e participou da gravação da música Sinônimos com Chitãozinho e Xororó. Em 2005, gravou seu único álbum solo ao vivo, “Zé Ramalho Ao Vivo”. Seu mais recente álbum de inéditas “Parceria dos Viajantes”, foi lançado em 2007 e indicado para o Latin GRAMMY de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Em 2008, um álbum de raridades chamado “Zé Ramalho da Paraíba” foi lançado pela Discoberta, seguido de um novo álbum de covers “Zé Ramalho canta Bob Dylan – Tá tudo mudando”, homenageando o músico americano. Em 2009, um novo álbum de covers “Zé Ramalho canta Luiz Gonzaga” foi lançado para homenagear o músico pernambucano. Em 2010, continuou homenageando suas influências com o álbum“Zé Ramalho canta Jackson do Pandeiro”. Seu trabalho mais recente é o álbum “Zé Ramalho canta Beatles”, lançado em agosto de 2011, com regravações da banda. É o seu quarto álbum de covers em três anos. No dia 5 de julho de 2012, lançou o novo disco“Sinais dos Tempos”, somente com músicas de autoria própria. No mesmo ano, anunciou um projeto de um disco em parceria com o cantor Fagner.

Em 2013, o cantor e compositor continuou dando ênfase ao novo trabalho, porém, uma cirurgia de coração o fez parar a temporada de shows do ano. A cirurgia foi um sucesso e Zé Ramalho, depois da recuperação, em maio de 2013, voltou à lotar a agenda e a cantar pelo Brasil.

Com 39 anos de carreira, Zé Ramalho se mantém na ativa, ganhando novos seguidores a cada profecia. Salve, Zé Ramalho!

Fonte: Tumblr http://zeramalho.tumblr.com/biografia (Biografia completa)

Lisbela e o Prisioneiro

Deixe um comentário

Lisbela e o Prisoneiro é uma comédia romântica e conta a história divertida do malandro, aventureiro e conquistador Leléu (Selton Mello, de A Invenção do Brasil, O Auto da Compadecida, Lavoura Arcaica), e da mocinha sonhadora Lisbela (Débora Falabella, de O Clone, Dois Perdidos em uma Noite Suja), que adora ver filmes americanos e sonha com os heróis do cinema.

Lisbela está noiva e de casamento marcado, quando Leléu chega à cidade. O casal se encanta e passa a viver uma história cheia de personagens tirados do cenário nordestino: Inaura, uma mulher casada e sedutora (Virginia Cavendish, de O Cravo e a Rosa, Dona Flor e seus Dois Maridos) que tenta atrair o herói; um marido valentão e “matador”, Frederico Evandro (Marco Nanini, de Carlota Joaquina – Princesa do Brasil, O Auto da Compadecida); um pai severo e chefe de polícia, Tenente Guedes (André Mattos, de Como Nascem os Anjos); um pernambucano com sotaque carioca, Douglas (Bruno Garcia, de Os Maias, O Quinto dos Infernos), visto sob o prisma do humor regional; e um “cabo de destacamento”, Cabo Citonho (Tadeu Mello, de Xuxa e os Duendes, O Cupido Trapalhão), que é suficientemente astuto para satisfazer os seus apetites.

Lisbela e Leléu vão sofrer pressões da família, do meio social e também com as suas próprias dúvidas e hesitações. Mas, em uma reviravolta final, cheia de bravura e humor, eles seguem seus destinos. Como a própria Lisbela diz, a graça não é saber o que acontece. É saber como acontece. Quando acontece. E aí… só vendo o filme.

Fonte: Site Web Cine

Sepultura lança DVD gravado ao vivo no Rock In Rio

Deixe um comentário

O DVD do Sepultura com o registro do show que o grupo fez junto com o Tambours du Bronx, noRock In Rio do ano passado, será lançado no dia 14 de setembro. Intitulado “Sepultura And Les Tambours du Bronx: Metal Veins – Alive At Rock In Rio”, o DVD mostra a consagração do show inicialmente apresentado na edição de 2011 do festival, no Palco Sunset, também no Rio. A apresentação, mesmo realizada em um palco secundário, foi considerada uma das melhores de todo o festival. No ano passado, o show aconteceu no Palco Mundo, o principal, diante de cerca de 85 mil pessoas, e foi gravado com o apoio de várias câmeras em grande equipe, resultando no DVD que sai em setembro.

Para quem ainda não se deu conta, o Tambours du Bronx é um grupo francês de percussão que usa sucata como instrumento. O show durou cerca de uma hora, e inclui, além de hits do Sepultura como “Resuse/Resist” e “Territory”, uma cover extraordinária para “Firestarter”, doProdigy.

O lançamento acontece também em CD e arquivos digitais e tem ainda um documentário que registra toda a preparação das bandas para o show, com relatos dos integrantes, cenas de ensaios, bastidores, passagem de som e de minutos antes do show começar.

Fonte: Site Rock em Geral

Lisbela e o Prisioneiro

Deixe um comentário

Sinopse e detalhes
Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).

Older Entries