Início

Desiludir-se?!

Deixe um comentário

desiludir-se?
Falar seria realmente inteligente? melhor sentir?…amor é doação, renúncia, dor, paixão, amar sem medo de errar, de sofrer, é acreditar que não está sozinho, que acompanhado é melhor.
Por um bom espaço de tempo, não sabia o significado de ser AMADO, era como se tudo fosse nada, ou como se eu não estivesse inteiro, nada me satisfazia e o que eu queria, não era o bastante para me fazer feliz, por que percebi que não era recipróco, ai veio os impulsos de coragem, que parecia a minha real intenção,mesmo que ainda fraco e sem conficção, que é preciso se dá valor, para que alguêm lhe dê valor, tentei muitas vezes, e sofria a cada ato de indiferença, de desatenção, de banalidade do sentimento e do ato sexual que vinha como resposta, que fazia acreditar que estava sendo amado, enquanto na verdade eu era apenas um objeto sexual, de alguém que não sabe o significado de cuidar, de amar, de valorizar que hoje poucas pessoas ainda possuem, a doçura de gostar de alguém, tudo encontra-se tão sistemáticamente calculado e conveniente, que se aventurar a gostar de alguém é quase loucura, acreditar no amor novo que chega, é visto como absurdo. Chorei, gritei, quase enlouqueci.. tive oportunidade de cair no mesmo erro mais algumas vezes, e por incrivel que pareça, disse não a falta de compromisso comigo mesmo, disse não a vulgaridade dos relacionamentos que se constroem em cima de mentiras, ou meias verdade, poderia até expandir esse meu pensamento e ir mais fundo, que sobrevive de migálias. Mas disse sim a vida, a voltar a sorrir, e não veio quando eu esperei, quando triste chorava sozinho procurando respostas, quase em depressão me via desvalecendo em dúvidas, e culpas, nas quais não me pertenciam,…. Ai veio ao meu encontro alguém igual a mim também, cansado de tudo isso; e tá somando na minha vida, nas minhas tão inesperadas expectativas e planos de vida. Mudei um pouco e sei que nos piores momentos podemos tirar lições magnificas que serviram para toda a vida, ainda dói, talvez pra me avisar que foi necessário passar pelo o ruim para dá valor as coisas boas. Sem arrependimentos e sim com muita vontade de prosseguir, de alavancar, de ir adiante, crescer e viver, estou aqui mais pronto para guerrilhar e acredito que essa batalha é diária…e você como lida com suas desiluções? aprende com elas? ou fica frustado? se pergunte se vale a pena? vai escutasr sua voz inteiror te dizendo que não, não , nada vale mais apena que ser feliz , e essa felicidade do encontro com o outro tem que ser saudável!

O meio é mais importante.

Deixe um comentário

O Meio é mais importante!
Hoje ao voltar pra casa, encontrei com uma colega de trabalho, pegamos o mesmo ônibus, e a mesma sentou ao meu lado.Eu estava indo pra casa e ela pra faculdade,começamos a conversar, estava muito interessante o assunto e em menos de dez minutos percebi seu rosto mudar. Quando entramos no coletivo estava com uma aparência de cansaço, físico e mental. estava com uma feição derrotista e desacreditada. No decorrer do nosso curto percuso foi se modificando e pude vê uma luz que brilhava no fundo dos seus olhos castanhos. algo havia se transformado nas crenças daquela moça.
Ela estava se questionando sobre tudo que havia feito nos seis meses passados, coisas que havia perdido, oportunidades que estavam se escancarando na sua frente e não conseguia valorizar. Por farras e falta de vontade de correr a atrás do prejuíso, preguiça, comodismo. Tinha percebido que suas prioridades estavam distorcidas e estava com pressa para resgatar tudo, e não deixar mais nada passar, pois tinha refletido sobre sua vida e perceberá que não queria ser subordinada a vida toda. Não queria está num empresa, onde existia muito cacique, para pouco índio. Onde a preocupação pelo bem está do funcionário, não existia., mesmo sabendo que funcionário motivado, resultado melhorado, enfim.. É Bem verdade que algumas empresas, ainda hoje vendo toda á evolução dos direitos do trabalhador ainda insistem, em ter uma postura de opressão, de não valorização. Mal sabem eles que quem perde é a empresa.
Mais é mesmo preciso? é realmente o que queremos? Essas perguntas em um certo momento da vida é primordial e inevitável.
Querer melhorar de vida é sim o primeiro passo, realizar o segundo.O terceiro e não menos importante é o caminho pelo qual iremos trilhar;o meio. Estamos sempre preocupados com o final, o resultado que é interessante, que vale á pena. se pararmos para pensar o melhor da viagem, é a viagem, e nunca a chegada. Isso quer dizer, que a aventura do caminho nos transforma em seres melhorados pela vivência e experiências
bem aproveitadas. Pois existem momentos que por mais que sejam possíveis aproveitar em outra oportunidade, não será a mesma coisa.
Vão existir alguns sacrificios á serem superados, alguns obstáculos a serem ultrapassados, nesta busca pelo melhor de si e do mundo,mais vamos conseguir. E a realização é muito melhor, quando mesmo na dificuldade, reconhecermos que não estavamos na inércia!
LUTE POR VOCÊ, DÊ ATENÇÃO AS SUAS PRIORIDADES E PERCEBERÁ QUE NADA NEM NINGUÊM PODERÁ FAZER POR VOCÊ, SE VOCÊ MESMO NÃO SE ABRIR Á REALIZAR FEITOS JAMAIS ESPERADOS….COMPROMETA-SE COM SEUS IDEAIS E NÃO SE PREOCUPE SOMENTE NO FINAL, POIS O MEIO É IGUAL BISCOITO RECHEADO, SEMPRE TEM SURPRESAS BOAS!

ASS:Carlos Elias

Vicent Van Gogh

Deixe um comentário

Vicent Van Gogh
“Quando não houver saída, quando não houver mais solução, ainda há de haver saída”..Um trecho de uma música linda que te encoraja a nunca desistir. Seguir adiante é necessário mesmo que o medo apareça e nos assombre. A insegurança pode ate aparecer de vez Enquanto mais é possível conviver sem deixar-nos reder.
A busca pela realização de algo importante para você, talvez venha sem muito clamor em relação ao olhar dos outros, mas para você é tudo de bom, por isso é importante não desperdiçarmos nossos talentos com sonhos pequenos, sonhemos alto, acreditemos e tudo acontece.
Van Gogh, Esse cara foi aqui na terra um pintor esplendoroso, de uma sensibilidade excepcional, mais você conhece a história de nosso querido Van Gogh?
Vou reletar alguns acontecimentos da vida desse maravilhoso artista: Van Gogh nasceu numa pequena cidade da Holanda, sua família muito simples, teve mais quatro irmãos, três meninas e um menino, o menino tinha outro nome mais chamavam o de Theo. (uma forma de abreviar). Van Gogh tinha uma relação de muita intimidade com seu irmão e foi quem incentivou Van Gogh a seguir a carreira de artista. Como estamos resumindo esta história vou adiantar que Van Gogh trabalhou durante algum tempo numa biblioteca traduzindo a bíblia, trabalho voluntário. Depois que vez alguns cursos na área da pintura passou a se dedicar, sempre apoiado pelo Theo seu irmão. Van Gogh passou dificuldade financeira muitas vezes abria mão de comer bem, para mandar dinheiro a seu irmão.
Van Gogh passou a conhecer artistas e começou amizade com um pintor bem conhecido, no qual hora e meia estavam entre discussões fervorosas. Por terem visões diferentes e em vários momentos essas divergências se aparentava impossível de conviver ate que em um certo dia Van Gogh tentou atacá-lo com uma navalha, mais não obteve sucesso e após esse acontecido Van Gogh com peso na consciência e muito transtornado cortou sua própria orelha e enviou dentro de um envelope para uma prostituta que tinha uma relação amorosa…(difícil essa situação né) Continuemos: Van foi internado numa clinica e voltou aparentemente bem, Porém: passou ate surtos de durações de semanas e por conta dessa difícil realidade na qual o assombrava foi internado novamente e quando soube que Theo seu irmão estava casando-se, só inflamou um medo que tinha de Theo afastar-se dele.
Com trinta e três anos de idade se mata com uma bala no peito…
Essa foi um resultado de pesquisa de varias fontes onde pude conhecer um pouco de Van Gogh ser humano complexo e que tinha todos os sintomas de ser esquizofrênico. No qual será meu personagem na peça da companhia de teatro Artoria, e vem com uma tetralogia que conta a historia de A(r)tor, o menino do absurdo. Estaremos em cartaz dias 06, 07, 08,09 no TEATRO JOSE DE ALENCAR AS 19:00H, ENTRADA FRANCA ,somente para 100 pessoas por dia. Não percam essa oportunidade de conhecer e privilegia essa montagem que vem com uma forma diferente de fazer teatro, usando a técnica de Antonin Artaud.

Merdaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Carlos Elias

Amar sem possuir

Deixe um comentário

Amar sem possuir
Na vida existem momentos decisivos, onde é preciso tomarmos decisões importantes e seguirmos em frente sem olhar para trás. Cada dia que vivermos sempre perceberemos que nada sabemos e que nossas convicções e medos poderão mudar a qualquer momento.
Sempre fui muito positivo nos meus pensamentos e atitude e no decorer dos anos com tantos acontecimentos e esse turbilhão de informações que recebemos a cada dia, passei a entender que não conseguia acompanhar a velocidade dos acontecimentos com tanta facilidade, e me vi perdido… . Sem conseguir reagir, sem saber o que fazer e nem quando fazer algo, cheguei a pensar coisas negativas e a querer controlar tudo e a ficar num auto julgamento de todas minhas atitudes e gestos, até os mais simples. Paranóia não é? É sim.
Hoje me sinto aliviado e seguro para dizer que não lutei contra tudo isso, simplesmente porque nem sabia que era tão grave assim, mas é certo dizer que tudo foi se resolvendo com o passar do tempo e a cada novo acerto, mas e os erros cometidos? Tirei como lição e mesmo que às vezes ainda queiram um espaço de minha atenção para adentrar novamente no meu cotidiano, respondo: “sou muito mais que toda essa duvida, que todo esse medo, que toda essa indiferença que aparentemente pareço sentir vindo de algumas pessoas que foram especiais e hoje ficaram somente na lembrança, todos os momentos felizes e toda a grandeza da passagem que é o encontro com o próximo, algo mágico.”
É sem duvida muito fácil dizer que devemos amar a quem nos ama e quem não nos ama devemos deixar de lado. Achei difícil reagir quando me vi amando e querendo alguém que não me queria, mas não dizia um não, sempre um talvez, nada definitivo. Passei por isso durante alguns anos preciosos de minha vida e não entendia ou não queria aceitar a realidade que parecia dura demais, achava que eu não poderia suportar tudo sozinho, doce ilusão a minha, estava eu somente adiando algo que deveria se esclarecer e me fazer ver a realidade como ela realmente é.
O tempo passou e as dores foram dando espaço a esperança e todo aquele amor limitado no qual estava eu habituado e acostumado a conviver, já não mais fazia parte da minha vida. Foi quando sem esperar numa noite como qualquer outra, quando já conseguia sair sozinho, conheci alguém muito especial e sem muitas pretenções de cara, a gente foi conversando e em pouco tempo me ensinou que o medo a nada me levaria. Ver a realidade é o melhor para se mudar e dar outro rumo a nossas vidas. Comprometi-me com a minha felicidade e aprendi a aceita-lá, sem questionamentos. Hoje agradeço primeiro de tudo a Deus, por sempre estar ao meu lado e a todos os espíritos bem-feitores que me deram a oportunidade de acreditar na luz, em meio a toda escuridão que estava tomado meu viver.
Obrigado hoje e sempre, que esse meu testemunho seja hino de vitória na minha passagem aqui pela terra, que eu consiga escrever uma linda história e fazer muita gente feliz e realizada, e todo o bem que recebi, e ainda irei desfrutar na vida, sejam multiplicados para serem repassados a muitos irmãos, faço destas palavras minha oração… . Assim Seja!

Coração de Pedra

Deixe um comentário

Esquete: Coração de Pedra

Personagens:

Empresário Durão
Surfista
Capitão do exercito
Garota rebelde

Tudo se passa num consultório médico

Surfista: Um homem muito trabalhador, dedicado esforçado
Garota: Sorte sua, seu pai pelo menos parece ser um bom homem
Surfista: É sim, não tenho o que me queixar…
Garota: Já eu não posso dizer a mesma coisa, tem uns quinze dias mais ou menos
o homem que se diz meu pai, me deu uma surra e me arrastou pelo cabelos na rua,
pra todo mundo ver…
Surfista: E você não ficou com vergonha disso?
Garota:Vergonha eu??? HAHAAAHAA.. eu não, já ele sim.
Surfista: Se fosse meu pai, ele nunca mais falaria comigo, igual quando me pegou
fumando maconha. Mais você o que fez?
Garota: Estava na praça,só porque eu estava com lança perfume.
Surfista: A verdade é que de alguma forma eles acabam tendo razão, Pois somente querem nosso bem.
Empresário: Doutor, como estou?
Capitão: Basicamente foi somente um susto mais requer cuidados. Não poderia te falar isso mais se não tiver cuidado vai voltar mais vezes aqui, e talvez não tenha tanta sorte!
Empresário: Como assim?
Capitão: Quero te dizer que deve ter uma atenção maior a sua saúde, sua qualidade de vida.
Empresário: O que queres dizer que tenho pouco tempo de vida?
Capitão: Isso somente dependerá de você!
Empresário: Doutor, preciso lhe confessar algo, faz alguns anos que não falo com minha única filha, ela saiu de casa logo depois que a mãe dela faleceu e a peguei fumando maconha.
Capitão: Depois disso não a procurou mais?
Empresário: Não, sou muito orgulhoso e não tinha vontade de ter uma pessoa problematica perto de mim.
Capitão: E algo mudou agora?
Empresário: Fiquei num estado de angustia tão grande que parecia que passava um filme de cada época da minha vida, me vi pequeno, depois na adolescência, casado com minha filha fazendo um aninho e em todas as pessoas que eu demitir, que maltratei, que humilhei por me sentir superior a elas. Não quero mais isso pra minha vida.
Capitão: Isso é muito ruim mesmo.
Empresário: Espero que minha filha me perdoe…preciso vê-la.
Capitão: Tem uma mocinha, te aguardando lá fora deve ser ela. um dos seus funcionários ligou pra ela e pediu que viesse e estivesse aqui para acompanhar todo o procedimento, pensou que você não fosse mais suportar e partisse dessa para melhor.
Empresário: Quero falar com ela posso?
Capitão: chamarei ela aqui, tenho que entrega alguns exames mesmo.
Garota: Ate quando ficarei aqui?
Capitão:Se quiser já pode ir tai seu exame tudo normal
Garota: A que saco, já sabia disso, mesmo…
Surfista: E meu pai como está?
Capitão: Por sinal, teu pai é forte, mais precisa muito de cuidados
Surfista: Então já posso ir embora, sei que ele não irá querer me ver
Capitão: está enganada, ele pediu que lhe chama-se, só tome cuidado pois não pode
ter emoções muito fortes agora.
Surfista: Tudo bem ficarei de longe somente o observando. Ei Garota posso te dizer uma coisa?
Garota: Pode sim
Surfista: Mesmo com todas as diferenças entre meu pai e eu percebi que não existe nada melhor do que o arrependimento. Precisei me arrepender e perdoar, para seguir em frente e entender que tudo passa, e algumas coisas não voltam mais…
Garoto: Mais ele que não me entende de jeito nenhum
Surfista: Talves você precise se colocar no lugar dele.
Capitão: Filha vá embora
Garota: pai percebi que quero você presente na minha vida.
Capitão: me deixe sozinho, por favor!
Garoto: Preciso te dizer que te amor e pedi perdão.
Capitão: Vi agora seu exame e está tudo bem com você, apesar de toda sua rebeldia, a saúde esta controlada.
Garota: você está bem, o houve? O que esta sentindo fala comigo.Mais o envelope do exame está aqui comigo, como viu? Ei perái esse exame é seu e você não está nada bem, aqui diz que tem alguns dias de vida somente, talves somente horas.
Capitão: Tudo que fiz, foi por conta da minha postura militante, nunca soube o que é carinho por parte dos meus pais e acabei transferido isso para vc. Você nasceu e me fez enxergar o quanto é dificil ser responsavel por alguém e tenho certeza que sempre fiz tudo errado.
Garota: Não fale assim, a gente vai se entender… a gente vai se entender…
Capitão: Deus te faça feliz.

Repetindo a dose!

Deixe um comentário

Repetindo a dose!!!

Quando penso que tudo se esclareceu e se resolveu…Nada esta no lugar novamente, volta a pertubar os mesmos fantasmas de um passado recente, onde nada tinha sentido e tudo tinha significado ao mesmo tempo…Chato! Porque será tão dificil apagar de minha vida quem não me faz bem. Quem não quer nada comigo, cansado disso, dessas falsas moralidades, desse apego momentaneo sexual….Foda, puta que pariu….
Novamente eu me presto a esse papel, novamente eu insisto, novamente eu choro, sofro, morro de remorços…Patacarareu. Indignado estou e isso somente irá passar no dia quatro…porra meu.
Agora é tarde Inés e morta, será mesmo…chegaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Eu assumo sofro porque gosto, gosto porque sofro, acredito porque sonho e vivo a pensar que tudo pode mudar, que seremos um dia um casal feliz, que um dia nossos encontros não serão mais somente esporádicos e regados a gozo. E isso regado a muito amor, amor que ferve a alma e adoça o amargo, que ama cuidando e conforto do medo. Hoje acordei me sentindo tudo. Acreditando em tudo de bom
em tudo de mágico, acreditando no amor. Pra quê levar mais um fora, do mesmo jeito de a um ano trás.
Porraaaaa. Para de ser burro, se quizesse esta contigo estava, mais não quer, e sabe do teu amor, da tua afeição  mesmo assim pisa em vc, faz pouco caso de vc. Você decidiu repetir a dose agora sinta a dor da ressaca, moral. Chore, sofra, sabendo que sempre existirá situações como essas e que ainda que pareça que vc é a vitima, saiba que vc é o unico culpado , pois se colocou nessa situação humilhante, degradante, vc não precisa disso, não é nada legal isso. cresça e descubra seus limites, suas falhas. seus medos e mude………….agoraaaaaaa! E mais que tudo se rebele agora, mas também se perdoe pois nada é escrito em manuais e tudo se vai quando não é o justo momento. Cabe a voce se quer mais uma dose, qualquer coisa, até o limão te ofereço.

Encerrando Ciclos

Deixe um comentário

Encerrando Ciclos
Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final…
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram.

Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu…

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.
O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora…

Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração… e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.

Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.

Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos.

Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais.

Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do “momento ideal”.

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa – nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és…

E lembra-te:

Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.

Older Entries