Muito emoção, animação e adrenalina em alta, foi assim que começou o show da banda Capital Inicial em mais uma edição do Rock in rio, no Rio de Janeiro.

A banda brasiliense fez o primeiro show do Palco Mundo, reservado às atrações maiores, neste sábado (19). É a quarta vez na história do festival que o grupo participa e a homenagem ao cantor Charlie Brown Jr acontece. Esse é um dos diferenciais da apresentação do vocalista Dinho Ouro Preto. A banda fez um tributo a perdas recentes do rock nacional. O suicídio do ex-Charlie Brown Jr Champignon há poucos dias e a morte do companheiro de banda Chorão, em março, de 2013.

As circunstâncias foram o mote para uma versão acústica de “Só os loucos sabem “gravada por eles. O vocalista do Capital pediu, ainda, “um momento de silêncio” e disse que o grupo tinha muito respeito pelo Charlie Brown Jr. Em seguida a banda pediu para que o público ajudasse a cantar alguns de vários sucessos de Charlie Braw Jr. O momento emocionou a multidão.

Na ocasião, outros grupos foram homenageados, como a banda dos “Raimundos”,  Que teve o sucesso “Mulher de fases” interpretada pelo capital.

Mas a noite não foi só de homenagens.Em um momento do show, o vocalista Dinho Ouro Preto usou um nariz de palhaço ao citar o deputado Natan Donadon, condenado por desvio de dinheiro. Foi o primeiro caso de um deputado federal preso durante o exercício do mandato desde o ano de 1988.

A banda demonstrou muita indignação com o congresso brasileiro, em decorrência a corrupção que acontece no país. O então deputado teve o mandato salvo pelo congresso nacional em votação secreta.

A performance de Dinho foi a “dedicatória” em “Saquear Brasília” feita ao parlamentar. Além do nariz de palhaço, Ouro Preto cantou e falou no  “primeiro presidiário congressista” do país. E ainda continuou dizendo.   “Eu prefiro dedicar ao Parlamento brasileiro pelo conjunto da obra.”

Fonte: Uol Notícias

Anúncios