Pela terceira vez, o Skank levou o público do Rock in Rio ao delírio. Com um set list recheado de sucessos, Samuel Rosa, Henrique Portugal, Lelo Zaneti e Haroldo Ferretti abriram o penúltimo dia de festival no Palco Mundo.

O grande desafio do grupo era escolher o repertório certo para agradar ao grande publico em pouco mais de uma hora de show. E os fãs e presentes no festival foram premiados com as canções “Saideira”, “Vou Deixar”, “Garota Nacional” e “Uma Partida de Futebol”, entre outras. O show ainda teve a participação especial do rapper Emicida, cantando a música de abertura “Presença”, e do cantor Nando Reis, na música “Resposta”. O público cantou todas as músicas, inclusive muitas vezes em coro, sozinhos, nos principais refrãos.

O momento atual do Brasil também foi lembrado, com imagens das manifestações por todo país e com protestos no microfone, encabeçados por Samuel. O telão, aliás, teve papel fundamental desde o começo do show, quando um vídeo estilo anos 60, apresentou a banda e logo depois imagens retrôs de jogos de futebol encheram os olhos do público enquanto o Skank executava o hino “ É uma partida de futebol”.

O vocalista tocou durante o show com uma guitarra autografada por Carlos Santana. Recentemente, Samuel gravou a música “Saideira” com Santana, para o novo disco do guitarrista mexicano.

Confira abaixo as matérias sobre o show do Skank nos principais veículos do país.

Fonte: Skank.com.br

Anúncios