O Festival Mada (Música Alimento da Alma) anunciou as primeiras atrações confirmadas para a edição deste ano. O festival traz a banda Planet Hemp, os rappers Emicida e Rael, os cantores Jaloo, Liniker, além das bandas potiguares Plutão Já Foi Planeta, Caboclas MCs e Luiz Gadelha e os Suculentos. O Mada vai acontecer nos dias 23 e 24 de setembro na Arena das Dunas, em Natal.

A edição de 18 anos do festival será uma oportunidade para fortalecer os novos horizontes artísticos nas terras potiguares. Também vai possibilitar que as novas gerações conheçam artistas que contribuem para a música brasileira, como é o caso de Planet Hemp, que fez uma das melhores apresentações no recente festival Lollapalooza. “A cena independente no Brasil é o verdadeiro nascedouro de criatividade da música brasileira. E com a internet, isso ficou ainda mais visível. Basta ver como ela já movimenta audiência e é reconhecida também exterior”, disse o produtor Jomardo Azevedo.

Em março, o Mada anunciou o primeiro nome: o cantor e compositor Liniker, de 20 anos, artista que representa a geração da internet. Mergulhado em referências da black music e do soul, mas conectado às raízes brasileiras, Liniker caiu no gosto do público e da crítica com trabalho musicalmente sólido e uma postura empoderada. Seu visual exuberante – turbante, batom, brincos grandes – faz dele um artista único no atual cenário da MPB.

Já experiente, a primeira passagem de Emicida pelo Mada foi marcante. Em 2014, o rapper foi personagem de um encontro de gerações, ao lado de Di Mello, veterano do soul, e de outra lenda da black music, Gerson King Combo. Agora, um dos artistas mais atuantes da música brasileira retorna para mostrar seu novo álbum, “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa”, disco equilibrado que trata de temas como racismo, negritude, violência, amor e infância.

A edição 2016 do Mada também programou eventos paralelos como feira do Vinil, Mostra de videoclipes, Feira Mix e outros que serão anunciados em breve.

Fonte: G1

Anúncios