Início

Produção de notícia usando as redes sociais

Deixe um comentário

Jornalistas de todo o mundo usam, atualmente, as redes sociais para produção de notícias. E os motivos passam por vários aspectos, dentre eles a audiência. O número de usuários do Twitter entrou 2015 com cerca de 290 milhões de cadastros.

E os brasileiros representam a segunda maior população no microblog, correspondendo a aproximadamente 9% de seu total de usuários. Segundo pesquisa divulgada no livro Manual do Twitter, nove em cada dez responderam que se mantêm informados por esta mídia.

TWITTER E JORNALISMO

No mundo todo,  profissionais  de jornalismo estão usando a plataforma de diversas formas: para divulgar notícias em primeira mão, para encontrar fontes de informação e para monitorar a repercussão e os desdobramentos de suas matérias e de veículos concorrentes.

Hoje é uma ferramenta que se tornou vital para a realização de notícias e reportagens, promovendo a aproximação entre leitores e outras mídias, como as televisões, que aprenderam a usar o meio para não perder  público, e até ampliá-lo. ´

É o caso do Jornal Hoje, da Rede Globo. Por meio da ferramenta, os apresentadores chamam seus seguidores para assistirem ao programa por meio de chamadas de texto, ou  vídeo.

Além disto, o JH, convoca as pessoas a convidares amigos para ver o programa:
http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2015/01/participe-do-jh-no-ar.html

A política também  faz uso constante da rede para se aproximar de seus eleitores:

Dilma e Temer disputam Olimpíada no Twitter

 


Ross Dawson, expert sobre o futuro dos negócios e da tecnologia, analisa o impacto do twitter no jornalismo a partir de cinco fundamentos:

1. O Twitter tem uma função no plantão noticioso, no fato ‘aqui e agora’ por ampliar o alcance de nossas percepções. O que vemos, ouvimos e pensamos pode ser dito (twitado) com instantaneidade a milhões de pessoas conectadas no mundo.

  1. Apesar de nem toda informação transmitida via Twitter ser confiável, é interessante considerar dados iniciais que podem ser checados e complementados, enquanto prerrogativa da imprensa.
  2. O aumento da velocidade de transmissão de informações, incluindo o Twitter, ampliou a competição entre os meios de comunicação pelas notícias em primeira mão, o ‘furo’.
  3. Publicar a notícia em primeira mão? Descer no ranking da velocidade em favor da informação checada e correta? É a decisão editorial que vem guiando esse equilíbrio e deve criar uma hierarquia de credibilidade dos meios de comunicação junto ao público.
  4. Há uma simbiose entre os dois universos. O Twitter está se tornando a principal maneira pela qual as pessoas acessam os meios de comunicação. Em contrapartida, o microblogging se constrói como fonte de ‘breaking news’, bem como da dinâmica e do sentimento social, com potenciais estórias para os meios de comunicação.

Vídeo disponível em http://www.youtube.com/watch?v=1-q8NLbY-Cg

Exercício:
Clique nesse link e veja exemplos de notícias produzidas a partir de mensagens postadas no Twitter, e faça:

1 – Uma notícia usando posts publicados em redes sociais, como Twitter, Facebook, Instagram, dentre outras.

a – O texto deve ter, no mínimo, 15 linhas, contextualizando o post, bem como observando (se houver relevância) a reação dos seguidores da pessoa escolhida como fonte.
b – Faça um print da mensagem publicada no post
c – Publique a notícia na sua categoria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: