13103529_842984792473111_7767508308031621029_nCriado em 2010, o Projeto Fênix é uma associação sem fins lucrativos que atende crianças e adolescentes com faixa etária entre 05 e 16 anos, de ambos os sexos. Localizado à Rua Mario Studart, Bairro Monte Castelo, o projeto conta com o apoio do grupo católico Mensageiros do Amor, que sede o espaço para a realização das práticas esportivas e se mantém através de doações e alguns poucos patrocínios.
Tem como objetivo oferecer às crianças e jovens atendidos, a oportunidade de vivenciarem o judô dentro de uma concepção de inclusão, norteada por princípios e valores educativos, que busquem a transformação destes alunos a partir da apropriação de uma nova visão de mundo através do esporte.
O judô foi escolhido por ser um esporte que visa o desenvolvimento físico e mental dos praticantes, podendo ser utilizado como uma ferramenta de inclusão social, por criar condições e oportunidades para que todas as crianças e adolescentes possam ampliar o seu potencial como pessoa.
Promove o desenvolvimento da cultura esportiva, utilizando atividades que satisfaçam as necessidades lúdicas, combativas e competitivas das crianças e adolescentes, tendo como prioridade a educação para um exercício pleno da cidadania.
As aulas acontecem três vezes na semana (segundas, quartas e sextas – feiras), no horário de 18h30 às 20h. As atividades estão sob a responsabilidade do professor Samuel Sales, Graduado em Educação Física, Especialista em Fisiologia do Exercício, Especialista em Lutas, Artes Marciais e Esportes de Combate do Ceará, Faixa Preta de Judô (2º Dan) e Faixa Azul de Jiu Jitsu.
Desde sua criação, o projeto tem passado por várias adaptações. No ano de 2013, aumentou o espaço de treinamento (dojo), para atender mais alunos e encerrou o ano com cerca de 42 alunos inscritos.
Em 2014 o número de alunos subiu para 50. Nesse ano conseguiram classificar o atleta Francisco Denilson Barreto em duas competições importantes de nível nacional: o Campeonato Brasileiro de Judô, na categoria sub-15, realizado no Amapá e os Jogos Escolares da Juventude, na categoria sub-15, realizado em Londrina.
Em 2015, o Projeto passou a ser uma Associação esportiva, passando a ser vinculada a Federação Cearense de Judô e abriram um novo núcleo, situado na EEFM Antônio Bezerra, no Bairro de mesmo nome. E atualmente o projeto atende cerca de 45 alunos de todas as idades.

 

Clique para ver as imagens:

1

 

Matéria sobre o projeto Fênix:

 

Trabalho final – parcial 2ª etapa

por: Mariany Araújo e Paulyanne Duarte

 

Anúncios