OLY-2016-RIO-CLOSING

Alegorias de samba animaram o encerramento dos Jogos Olímpicos do Rio em 2016 / Foto: Martin Bernetti/AFP

Depois de 19 dias de competições, os jogos olímpicos Rio 2016 se encerraram ontem (21) no estádio do Maracanã em espírito carnavalesco.

Com a mistura de cores, fogos, culturas e música, a festa que fechou o ciclo da maior competição esportiva do mundo foi uma cerimônia que celebrou a diversidade e a alma carioca.

Em uma duração de aproximadamente 2h e 30 min, o encerramento reuniu atletas internacionais, nacionais, autoridades e curiosos de todas as partes do mundo.

Debaixo de chuva, as atrações incluíram apresentações de cantores brasileiros como: Martinho da Vila, Lenine, Roberta Sá interpretando a ilustre Carmen Miranda, e a cantora Mariene de Castro performando a canção “Pelo tempo que durar”, de Marisa Monte e Adriana Calcanhoto, durante o ato de apagar da pira olímpica por meio de uma chuva artificial.

Além disso, houve uma breve homenagem a Santos Dumont, considerado o pai da aviação, e a execução do Hino Nacional Brasileiro.

2016 Rio Olympics - Closing ceremony

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, caracterizado como Mario Bros / Foto: Stoyan Nenov/Reuters

Durante a cerimônia, se destacou a participação japonesa, que serão os próximos anfitriões que irão sediar os jogos olímpicos de 2020.

Houveram apresentações de dança e também a chegada do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, no qual adentrou o meio do estádio de uma forma bastante inusitada, como o personagem dos vídeo-games mundialmente conhecido: Mario Bros.

Ainda como destaque, houve o discurso do presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, que arriscou algumas palavras em português dizendo: “Valeu, Brasil! Esses foram jogos olímpicos maravilhosos, na Cidade Maravilhosa”.

Ao finalizar dos discursos, escolas de sambas adentraram o espaço e começaram a tocar as famosas marchinhas de carnaval, ritmos do samba que contagiaram o estádio inteiro, trazendo praticamente todos os atletas participantes numa pista de dança no meio do Maracanã.

A festa se encerrou com toneladas de fogos colorindo o entorno do estádio e transmitindo toda a pluralidade de cores e diversidade da nação brasileira para o mundo.

Fonte: Agência Brasil, Estadão e Agência Reuters

Anúncios