YBruidZ7.jpg

Rio 2016 (Foto: Alex Ferro)

Uma escultura cinética acompanha a pira Olímpica Rio 2016, que ficará em frente à Candelária, no centro de Rio de Janeiro, até o último dia dos Jogos, em 21 de agosto. O artista responsável pela obra é americano Anthony Howe, famoso pelos trabalhos que se movem com o vento.

“Com tudo o que eu faço, quero transportar as pessoas para um novo lugar. Quero passar um momento de paz, de graça”, disse Howe ao portal Rio 2016.

Andrucha Waddington, um dos diretores criativos da cerimônia de abertura, explicou que a pira é um móbile que se movimenta pelo vento e reflete o fogo. “A chama não gasta muito gás, é pequena e tem esta grande escultura. A grandeza dela está no movimento eólico.”

Fonte: Site Rio 2016

Anúncios