Em sua conta no Twitter, nesta segunda-feira (26), o teólogo Leonardo Boff diz que o juiz Sergio Moro acredita ser o “Messias salvador”, comparando o magistrado ao facismo. “Houve no sec.XX gente assim, essência do fascismo”.

twitter-leonardo-boff

Boff se manifesta também na rede social Twitter como um duro crítico à atuação do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao impeachment contra a ex-presidenta Dilma Rousseff. “Os ministros do STF estão no terceiro sono. Acordem, para fazer respeitar a lei e o sentido do limite, desrespeitados pelo juiz Moro que impera”, denuncia o teólogo em outro twitte.

Em seu blog (www.leonardoboff.wordpress.com), Leonardo Boff, que também é escritor de vários livros, denuncia o que considera um “golpe” à democracia. Seu mais recente post, intitulado “Dez possíveis lições após o impeachment”, fala sobre resiliência, sobre dar centralidade à educação e à saúde e sobre implantar uma “biocivilização”.

Tanto no Twitter como no Blog, o teólogo se posiciona firme, atraindo admiradores, mas também ferrenhas críticas. Para algumas, responde longas defesas, como o pensador típico que desenvolve uma linha clara de raciocínio.

Anúncios