A woman walks past folded Armadillo-T, a foldable electric vehicle, at the Korea Advanced Institute of Science and Technology (KAIST) in Daejeon

Coreia do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia (KAIST) lança o veículo Armadillo-T, veículo elétrico em pleno funcionamento, que convenientemente se dobra em si mesmo quando estacionado para ajudar a economizar espaço.

O projeto de pesquisa foi apoiado pelo governo coreano, pelo Ministério da Terra, Infraestrutura e Transportes e pela Agência de Infraestrutura Tecnológica da Coreia e apresentado a imprensa em agosto passado.

O atrativo do modelo é a sua capacidade de se dobrar como se fosse um tatu (em inglês, armadillo), levantando toda a traseira do veículo para caber em qualquer vaga. Além de um controle remoto acionado por celular que permite manobrar o Tatu à distância, incluindo fazê-lo girar 360 graus.

O nome e a inspiração vieram do tatu, mais especificamente do tatu-bola, que tem a característica de se enrolar para se proteger de predadores – o mascote da Copa do Mundo de 2014 foi tatu-bola, da caatinga brasileira.

rtx136ka

O carro não consegue exatamente se enrolar – na verdade, ele encolhe agindo exatamente ao contrário do que faz o tatu-bola, erguendo sua parte traseira, que avança sobre a dianteira.

É a solução para o grande trânsito de veículos das grandes cidades, economia para o bolso e respeito ao meio ambiente, proposta por engenheiros do Instituto de Ciências e Tecnologias Avançadas da Coreia do Sul.

Em um mundo que é dominado por carros, o tatu-T é um veículo eco eficiente que não vai só reduzir as emissões de carbono, mas também ajudar a diminuir a quantidade de espaço necessário para estacionar um veículo.

Anúncios