Simone Moura Facini Lopes, 31, anos, havia saído de casa para trabalhar como voluntária em um projeto social da igreja adventista, onde era membro, mas não voltou porque foi assassinada com golpes de marreta.  O crime ocorreu neste último domingo 12/ 03 por volta das 22h 30 na chácara Santa Helena, na zona norte de São José do Rio Preto.

Simone de Moura Facini Lopes , 31 anos ,trabalhava como voluntária em uma igreja adventista e foi vítima de assassinato.

A vítima era casada com César Lopes há 13 anos com quem tinha um filho de 12. Simone era voluntária em uma igreja e dava aulas para crianças em um projeto religioso e ajudava pessoas de fora também. Ela morreu justamente em um lugar onde ela fazia um serviço voluntário.
Segundo os familiares, ela saiu de casa às 11h e no fim de tarde ainda não tinha voltado pra casa. A família ficou preocupada e o marido veio até a chácara, mas o crime já tinha acontecido.

Chácara onde foi encontrado o corpo da vítima

O crime foi descoberto no fim da noite de domingo, quando um lavrador, ao chegar  em sua casa, encontrou o corpo de Simone parcialmente vestida, e com o rosto ensanguentado amarrada na cama. O homem imediatamente ligou para a polícia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima estava seminua e foi amarrada com corrente que prendiam pés e mãos, todas fechadas com cadeados. A vítima ainda tinha ferimentos graves na cabeça e uma marreta com marcas de sangue foi apreendida, provavelmente a arma utilizada no crime.De acordo com o boletim de ocorrência, na chácara, morava um homem de 47 anos que encontrou a vítima morta e um idoso de 64 anos. O idoso não foi encontrado pra prestar esclarecimentos.

O delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) Fernando Tende confirmou que os dois tinham passagens pela polícia por estrupo. A polícia segue nas investigações. “A polícia trabalha com todas as alternativas, conforme vamos ao local, aumenta o leque de investigações, a gente parte de pessoas que tinham maior contato com ela, dentre elas a pessoa que não foi encontrada para prestar esclarecimentos, passa ter maior cuidado da polícia como suspeito”, diz.

O velório de Simone vai ser nesta segunda às 16h00 no São João Batista. O enterro está previsto para esta terça – feira (14/03), às 9h30.

FONTES:

http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2017/03/ela-so-fazia-o-bem-diz-familia-sobre-mulher-achada-morta-acorrentada.html

http://www.gazetainterior.com.br/index.php/crueldade-mulher-e-morta-a-marretadas-e-e-encontrada-acorrentada-e-semi-nua-em-chacara-de-sao-jose-do-rio-preto/

http://www.acidadevotuporanga.com.br/regiao/2017/03/mulher-e-encontrada-morta-e-presa-com-cadeados-a-cama-em-rio-preto-n34300

Anúncios