Rio – A quarta-feira de paralisação de várias categorias profissionais no país, em protesto contra a proposta da Reforma da Previdência, começou movimentada também na Internet. A hashtag ‘#GreveGeral’ ocupa a primeira posição dos assuntos mais comentados do mundo inteiro no Twitter, de acordo com o site que mede os chamados ‘trending topics’ (‘tópico em tendência’, em tradução literal).

A expressão lidera desde as 9h da manhã e permanece na liderança pelo menos até as 12h30.

Na maioria das postagens, os usuários da rede social se posicionam a favor da paralisação, lembrando as mudanças desfavoráveis ao trabalhador que a reforma na aposentadoria poderá causar. Políticos de oposição como o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) e o senador Lindberg Farias (PT-RJ) também se manifestaram usando a hashtag criticando o presidente Michel Temer e a gestão do PMDB.

Houve também que fosse contra ao movimento e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), uma das organizadoras do protesto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

xxxx

xxx

Anúncios