O cantor e compositor Luiz Melodia, que morreu na última sexta-feira (4), será homenageado hoje (8) no programa Recordar é TV, da TV Brasil.  O tributo ao músico resgata entrevistas que ele concedeu aos programas A vida é um show (2002), apresentado por Cláudio Lins, e Por acaso (2003), sob o comando de José Maurício Machline.

As produções foram ao ar pela TVE do Rio de Janeiro e fazem parte do acervo da emissora pública.

No especial em homenagem ao artista, Luiz Melodia conta sobre sua carreira e canta clássicos que marcaram seu repertório, como Pérola Negra, Com Muito Amor e Carinho, Juventude Transviada e Estácio, Holly Estácio. Também revela passagens curiosas de sua carreira.

Durante o programa Por Acaso, o músico falou sobre o título a composição Pérola Negra. “Quando eu compus a música, o nome era My black, Meu Negro. O [poeta] Waly Salomão era muito meu amigo, como é até hoje, estava sempre no São Carlos [morro no bairro do Estácio, no Rio de Janeiro], onde eu fui nascido e criado, e volto para visitar meus amigos. Ele deu a ideia de por o nome do Pérola Negra, um travesti chamado Edilson, que era meu amigo e já não é vivo hoje. A música aconteceu na voz de Gal Costa e ficou conhecida”, contou o artista na entrevista.

A edição do Recordar é TV em tributo ao músico tem apresentação da jornalista Karina Cardoso.

Biografia

Natural do morro de São Carlos, na

 

Luiz Melodia – TV Brasil/Arquivo
zona norte do Rio de Janeiro, Luiz Carlos dos Santos era conhecido por todos pelo nome artístico de Luiz Melodia. Filho do sambista e compositor Oswaldo Melodia, de quem herdou a alcunha, ele cresceu nas rodas de samba da Escola Estácio de Sá.

A forte ligação com o local foi eternizada nos versos da canção Estácio, Holly Estácio, que dizem: “Se alguém quer matar-me de amor/que me mate no Estácio”.

Com estilo musical único e diferenciado, Luiz Melodia era influenciado por vários estilos. Conectado com o tropicalismo, ligou em suas músicas o samba ao blues, passando pelo choro e pelo soul, sempre com uma veia romântica.

O Recordar é TV em homenagem ao músico vai ao ar hoje (8) às 21h30 na TV Brasil, com reprise à 1h30 de domingo (13).

Fonte: Agencia Brasil 

Anúncios