Início

Um pedaço do Ceará chamado Guaramiranga 

Deixe um comentário

Cidade conhecida como “cidade das flores” por conta do tradicional cultivo de rosas no Maciço de Baturité

Conhecida como “Suíça cearense” e “cidade das flores” o município de Guaramiranga está  localizado  na região serrana do estado. Sendo uma microrregião de Baturité. Com uma estimativa de 4,164 habitantes segundo o IBGE de 2014. Quem visita a cidade tem que estender sua estadia pois são 59 km² para conhecer e admirar. O município está  situado na Área de Proteção Ambiental de Baturité e é o menor do estado.

Para os amantes de clima frio, Guaramiranga é o destino certo, o município é rota turística o ano inteiro justamente pelo seu clima que varia entre 16° a 25°, no meio do ano a temperatura pode chegar a 12°.

Painel eletrônico que mostra a temperatura fixado na praça de Guaramiranga

Guaramiranga é palco de atrações culturais, sendo bastante procurada na época do carnaval por conta do Festival de Jazz e Blues do município, quem procura um local aconchegante, com bastante natureza, prédios históricos, uma riqueza gastronômica e uma hospitalidade de qualidade já pode marcar sua próxima viajem para este pedaço do Ceará.

Uma dica para quem visita o local é conversar e conhecer a população que são hospitaleiros e tem muita história para contar. A cidade conta com uma rede de pousadas e hotéis para todos os gostos, tanto para românticos quanto aos apaixonados pela natureza.

Mirante de Guaramiranga

No centro você pode fazer um tour gastronômico e conhecer diferentes pratos e bebidas  podendo encontrar culinária regional, contemporânea, chocolateria, cafés,  além de se deliciar na culinária Italiana, Alemã e Suiça. Um verdadeiro charme para os amantes de um bom vinho acompanhado de pratos deliciosos.
Os pontos mais visitados são  o Pico alto, local de maior altitude de Baturité, cachoeira do perigo, trilhas ecológicas e o tradicional pousada dos Capuchinhos, que antes era um mosteiro e quem está  na cidade pode usufruir  dos cantos gregorianos que são  entoados toda manhã, além  de seus jardim e fontes.

O que não  falta em Guaramiranga é atrativos para conhecer. Uma cidade apaixonante que deixa sempre um gostinho de quero mais. Conheça o seu estado!

Fachada da igreja onde situa-se a Pousada dos Capuchinhos

Veja Fotos de Guaramiranga

Assista ao vídeo

Um pedaço do Ceará chamado Guaramiranga

Anúncios

Mariana-MG, dois anos de impunidade 

Deixe um comentário

0 dia 05 de novembro de 2015 foi marcado pelo maior desastre ambiental ocorrido no Brasil, um distrito foi devastado pelo rompimento de uma barragem de uma empresa de minério. Até  hoje ninguém foi preso, responsabilizado pelo acontecimento, vítimas até  hoje não foram indenizados. A impunidade reina no estado e a busca por justiça continua!

assista ao vídeo da tragédia


Entrevista com a Banda Mafalda Morfina na sua despedida no Ceará Music

Deixe um comentário

Há 13 anos começava uma trajetória de uma banda com um nome bastante curioso “Mafalda Morfina”. Formada inicialmente por Luciana Lívia (vocalista e compositora), Carla Keyse (baixista e banking vocals) e em 2010 já em São Paulo entram na composição da banda, Renato Manteiga (baterista e banking vocals), Thiago Arena (guitarrista, programação), e até hoje mantém a mesma formação. A banda segundo a vocalista é declarada “InRocktulável”. Sua trajetoria comecou na cidade fortaleza e fazem parte da história de muito adolescentes que acompanharam a banda. Atualmente moram e fazem shows em São Paulo.

Em maio desde ano a banda anunciou que irá dar uma pausa nas atividades e irá fazer uma última apresentação no Ceará Music.

Dentro da trajetória da banda, dividiram palco com nomes da música nacional e internacional como Pitty, Biquíni Cavadão, Simple Plan, Evancescense, entre outros.
Quem não lembra de algumas das músicas inusitadas como “ A vaca de um sapato só”.

O grupo apresenta dois álbuns em sua carreira “Sonhos Contrários” de 2008 e “Carrossel Estático” de 2014. O ultimo disco foi indicado á categoria ”Melhor Álbum de Rock” pelo Dynamite 2014.

Mafalda Morfina ganhou o segundo lugar na categoria composição no concurso promovido pela Fama Produções em 2015, a banda concorreu com 197 bandas inscritas; foram 30 bandas selecionadas, destas bandas, 15 concorreram na categoria composição.

 

PERGUNTAS

1- O INICIO DA BANDA EM FORTALEZA FOI O PONTA PÉ INICIAL DA CARREIRA?

2- COMO É A BATALHA DIÁRIA  DE UMA BANDA AUTORAL?

3- QUAL O SIGNIFICADO DO NOME QUE FOI DADO A BANDA?

4- COMO FOI ESTA TRANSIÇÃO  PARA SÃO PAULO?

5-QUAIS OS PRINCIPAIS FESTIVAIS QUE  A BANDA PARTICIPOU?

6-  SER RECONHECIDOS COM PRÊMIOS É IMPORTANTE, PARA A BANDA ESSES PRÊMIOS CONTAM COMO PORTFÓLIO?

7- QUAL FOI O MOTIVO DA PAUSA ANUNCIADA EM MAIO DESTE ANO?

8- COMO SURGIU O  NOME CARINHOSO DADO AOS FÃS E VOCÊS  SENTEM FALTA DO PUBLICO CEARENSE?

9- OS SENTIMENTOS DE TODOS AO FAZER O ULTIMO SHOW NO CEARÁ MUSIC?

10- PRETENDEM VOLTAR A MORAR EM FORTALEZA?

 

Banda Mafalda Morfina

Banda formada por Luciana Lívia (Voz e composições), Renato Manteiga (Bateria), Thiago Arena (Guitarra) e Carla Keyse (Baixo)

1439555626

participação da banda no Festival Planeta Rock,

1439555696

Mafalda Morfina recebe o premio de segundo lugar no quesito composição no Planeta Rock

1439555795_04

banda divide palco com Biquíni Cavadão

capa-carrossel-estatico

capa do disco Carrossel Estático

sonhos-contrarios-W320

capa do disco Sonhos Contrários

Screenshot_20171101-161820 - Copiar

Demonstração de fãs ao saber do show da banda em Fortaleza

screenshot_20171101-161840-copiar.png

Carinho dos fãs de Fortaleza na Fanpage da Banda

 

Entrevista com a banda Nenhum de Nós

Deixe um comentário

Ao escutar a primeira frase da musica ”O Astronauta de Mármore” do álbum Cardume de 1989 é impossível não continuar a cantar. Outro hit de bastante sucesso da banda ”Amanhã ou depois”.

Um dos responsáveis indiretos por popularizar a obra de David Bowie no Brasil, Thedy Corrêa está devastado com a morte do ídolo (no último domingo, 10). “Uma grande merda”, diz o vocalista do Nenhum de Nós, que lançou nos anos 1980 a música “O Astronauta de Mármore”, famosa versão em português de “Starman” – presente no clássico The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars (1972), de Bowie. “Foi um cara fundamental para mim.”

 

https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/livros/noticia/2016/10/nenhum-de-nos-celebra-30-anos-de-trajetoria-com-biografia-7969701.html

 

Nenhum de Nós é uma banda de rock brasileira, formada em 1986 na cidade de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul, a banda foi formada pelos músicos Thedy CorrêaCarlos SteinSady Homrich, Veco Marques e João Vicenti.

 

O início (1986 – 1987)[editar | editar código-fonte]

Sady Homrich e Carlos Stein se conheceram nos tempos da primeira série escolar, mais tarde, na 5º série, conhecem Thedy Corrêa. Na faculdade, Stein foi um dos fundadores do grupo Engenheiros do Hawaii. Depois de dois shows, saiu para formar o Nenhum de Nós com Corrêa e Homrich. Após algum tempo, foram chamados para abrir um espetáculo do DeFalla na Sociedade de Amigos da Praia do Imbé (SAPI).[1] Antônio Meira, produtor, gostou da música dos jovens e eles, então, assinaram com a BMG Ariola e gravaram seu primeiro álbum. O disco, homônimo, foi lançado em 1987 e vendeu 30.000 cópias.[2]

Sucesso nacional (1988 – 1993)[editar | editar código-fonte]

Em 1988, a música de trabalho do primeiro disco, Camila, Camila torna-se um hit nacional, chegando ao 3° lugar na parada brasileira. O sucesso promoveu novos shows no Rio de Janeiro e em São Paulo e o lançamento do 2° álbum. Cardume, produzido por Reinaldo Barriga,[3] foi lançado em Março de 1989 e vendeu 250.000 cópias,[2][4] garantindo à banda seu primeiro disco de ouro. No álbum está incluída Astronauta de Mármore, versão da música Starman de David Bowie, que foi a música nacional mais tocada naquele ano.[5][3]

1990 é marcado pela entrada do guitarrista Veco Marques. O 3° álbum da banda é lançado nesse mesmo ano, Extraño, com fortes influências da música gaúcha, com a participação de Luís Carlos Borges A canção Extraño ganha clipe de grande repercussão para épocaA canção Sobre o Tempo é incluída na trilha sonora da telenovela Barriga de Aluguel, da Rede Globo e ganha clipe especial do Fantástico (assim como O Astronauta de Mármore), alavancando as vendas do álbum, que chegou à 50.000 cópias vendidas.[2]Em 1991, se apresentam no Rock in Rio II, no penúltimo dia do festival, marcando a entrada de João Vicenti como músico convidado.[4][6]

Em Junho do ano seguinte, é lançado o quarto álbum de estúdio da banda, também homônimo, com influências do pop da década de ’70.[2] O videoclipe de um dos singles do álbum, Ao Meu Redor, é eleito o melhor do Brasil pela votação do público na MTV e a banda vai para Los Angeles, representar o Brasil no MTV Video Music Awards 1992.[4] Ainda neste álbum, está incluída uma versão da música Sangue Latino (do grupo Secos e Molhados) que ganhou uma versão dance que tocou nas rádios do país inteiro e também Jornais, que teve um clipe de muito sucesso no Top 20 Brasil, da MTV.[7]

Rescindido o contrato com a BMG, a banda começa um novo projeto e passa o ano de 1993 entre os shows da turnê do quarto álbum e a composição de um novo trabalho.[4]

Fase independente (1994 – presente)[editar | editar código-fonte]

Em 1994, é lançado o primeiro álbum ao vivo do Nenhum de Nós, Acústico ao Vivo, gravado no Theatro São Pedro, em Porto Alegre, em março de 94. Garantiu à banda seu segundo disco de ouro.[8] Esse álbum foi relançado em CD, em 2012.[9][10] A canção Diga a Ela foi lançada como single do álbum e ganhou um videoclipe ao vivo de alta rotação na MTV.[2] Em 1996, é lançado pela Velas o 5° disco da carreira da banda. É o primeiro em que João Vicenti é reconhecido como membro oficial da banda. Mundo Diablo conta com parcerias com Edgard Scandurra (Ira!), Herbert Vianna (Paralamas do Sucesso), Flavio Venturini (14 Bis) e Fito Paez. Em 1997, a banda se apresenta, dia 1 de Fevereiro, no festival Planeta Atlântida, que naquele mesmo dia contou também com Skank. Enquanto isso, o clipe de Vou Deixar Que Você se Vá fica em 1° lugar no Disk MTV.[4]

Em Dezembro de 1998 sai Paz e Amor, produzido por Sacha Amback. O álbum tem influência do novo rock inglês e tem elementos de música eletrônica.[4] No início de 2000, sai o álbum Onde Você Estava em 93?,[11] que foi gravado em 1993, mas só foi lançado pela ACIT em 2000, pois a BMG havia rejeitado-o por ser ‘não-comercial’. No dia 5 de Janeiro de 2001 é lançado Histórias Reais, Seres Imaginários,[12] álbum muito bem recebido pelo público e que ainda garantiu um clipe para Amanhã ou Depois,[13] música que ficou semanas nas paradas do Brasil inteiro e marcou a volta da banda para palcos não-sulistas.[14] Em 2003, é lançado o segundo álbum ao vivo da carreira da banda. Acústico ao Vivo 2 é o registro dos sucessos da banda, pela segunda vez, no Theatro São Pedro. Assim como o primeiro, vendeu 100.000 cópias, garantindo à banda seu terceiro disco de ouro.[8] Em 2005, é lançado Pequeno Universo, com 11 músicas originais inéditas e 2 releituras, Eu e Você Sempre (Jorge Aragão) e Raquel (Jorge Drexler).[15]

Após o lançamento dos álbuns ao vivo A Céu Aberto[16] e Paz e Amor Acústico, o Nenhum de Nós sai de um hiato de 6 anos sem novas composições para lançar Contos de Água e Fogo em 2011, álbum que conta a participação de Duca Leindecker e Leoni.[17][18]

Em 2015 a banda lança o álbum “Sempre É Hoje” que tem como singles: “Milagre” e “Foi Amor” (que conta com a participação da cantora Roberta Campos).

Com quase 30 anos de carreira, a banda já fez mais de 2000 shows e vendeu mais de 3,5 milhões de discos.[19]

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

DVDs[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Top 20 Brasil 1992 Com o clipe da música “Ao meu redor”
  • Top 20 Brasil 1993 Com o clipe da música “Jornais”
  • Top 20 Brasil 1996 Com os clipes das músicas “Vou Deixar Que Você Se Vá” e “Obsessão”

 

Assedio sexual em coletivos: o grito de socorro de usuárias de transporte público

Deixe um comentário

 

assedio sexual

Todos os dias existem relatos e denuncias em delegacias de todo pais referentes a assedio dentro de coletivos e outros meios de transporte. Um dos casos de maior repercussão aconteceu na zona oeste de São Paulo, onde um homem de 30 anos foi detido ao ejacular em uma passageira, o mesmo já tinha 14 passagens pelo mesmo motivo, mas o acusado ainda será julgado novamente, pois o juiz alegou que não houve constrangimento, tampouco violência. Haverá outra audiência  e poderá ser expedido o pedido de prisão do acusado.

29ago2017---passageiros-aguardam-a-policia-do-lado-de-fora-do-onibus-na-avenida-paulista-1504120400963_615x300

passageiros aguardando a policia para prender acusado de assédio dentro de coletivo

Com inúmeros casos, mulheres de todo Brasil utilizaram redes sociais para denunciar casos de assédios. Uma das maiores reclamações não são somente a qualidade do transporte público e sim a segurança dentro dos coletivos. As vitimas não tem limite de idade. Além de haver o assédio, as mulheres tem que aturar explicações diante da situação, na maioria da vezes sendo culpadas por conta de suas vestimentas. Em São Paulo os maiores números de casos acontecem nos vagões apertados e super lotados dos metrôs. Um coletivo de mulheres esticaram faixam em forma de protesto intitulado como ”Eu não mereço ser encoxada” elas  buscam visibilidade de órgãos públicos para combaterem esse tipo de crime e promover mais segurança para o público feminino.

images-q=tbn-ANd9GcSsKMnGkEuO-U7QQrocduBhHoKbvrUfyegkP8Oo2mvKE6Wqn1mU

protesto de mulheres do metrô de São Paulo contra o assédio sexual

Com grande repercussão e aumentos de casos diariamente de assédios contra mulheres em coletivo a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou em setembro dois projetos que tem como objetivo tipificar  quarta-feira, 27, dois projetos que têm como objetivo concluir como crime o ato de “constrangimento ofensivo ao pudor em transporte público” com pena prevista de 2 a 4 anos de prisão, podendo atingir até 6 anos caso contenha violência ou grave ameaça. O projeto por ser sido aprovado por unanimidade pela comissão e não havendo recurso de algum senador será encaminhado diretamente para votação na câmara.

Vídeo enviado por um internauta mostra um homem assediando uma menor dentro de coletivo

 

 

links:

https://www.opovo.com.br/jornal/brasil/2017/09/suspeito-ja-teve-outras-14-acusacoes.html

https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/09/27/comissao-aprova-pena-de-ate-6-anos-para-agressao-sexual-no-transporte-publico.htm

https://vanessafabiano.jusbrasil.com.br/artigos/115389370/metro-eu-nao-mereco-ser-encoxada

Comentário de Renata Fan entra nos Trends do Twitter

Deixe um comentário

Na segunda-feira, dia 19, um comentário da jornalista esportiva no programa Jogo Aberto rendeu o Trends do twitter com a hastag ”JóProcessaaRenataFan”. Renata comentou o lance polêmico do jogo do Corinthians contra o Vasco onde o atacante Jô marca o único gol da partida. O lance  foi bastante discutido depois do assistente do arbitro ter validado o gol ao atacante que usou involuntariamente a mão. No comentário, a jornalista compara a atitude do jogador com um ladrão de joias, o que deixou a torcida do Corinthians bastante irritada.

usuarios do twitter

usuários do twitter em resposta a @Teleco1910 que publicou inicialmente o comentário da jornalista Renata fan

Somente na pagina ligada aos torcedores do Timão @Teleco1910 rendeu mais de 300 comentários, muitos deles entenderam como um ato preconceituoso, onde rendeu outro apelido ao jogador além do citado por ela, depois do ocorrido e com a repercussão do caso, a jornalista pediu desculpas, mas de nada adiantou.

outros

 

As comparações e o tipo de comentário da jornalista soa de mal gosto não é de hoje, em uma das respostas um torcedor lembrou de outro ato falho da jornalista, Renata jogou a camisa do Corinthians no chão faltando com respeito a torcida e a tradição do clube. O sensacionalismo esportivo do programa Jogo Aberto virou rotina a cada rodada do brasileirão, onde a cada dia perde audiência e credibilidade.

Com o acontecido, a CBF iria implantar  na próxima rodada do Campeonato Brasileiro o árbitro de vídeo, mas voltou atrás da decisão pois nem todos os estádios estão capacitados para receber a tecnologia, o que já era para ter sido implantado desde o primeiro turno do campeonato onde houve erros mais grotescos da arbitragem.

Exercício cibele

Deixe um comentário

Confira o Tweet de @Estadao: https://twitter.com/Estadao/status/910560691605721089?s=09

Older Entries