Início

Minha galeria de fotos

Deixe um comentário

foto (10)

Anúncios

Íbis faz piada com atual situação dos clubes rubro-negros.

Deixe um comentário

O Sport Club Íbis é conhecido internacionalmente como o pior time do mundo, apesar disso o clube vem de três vitórias seguidas e resolveu fazer piadas com o atual momento dos times rubro-negros.

Na noite desta quinta (28), a página do Íbis no twitter fez uma publicação “zoando” o atual rendimento dos clubes rubro-negros do Brasil. A declaração surgiu após a derrota do Flamengo na final da copa do Brasil.

O clube escreveu: “Desculpa ser chato, mas atualmente somos o rubro-negro que mais vence no país. Infelizmente é a realidade, aceitem”.

Em resposta para a brincadeira do Íbis na rede social, os seguidores continuaram com a brincadeira, e pediram a contratação do goleiro Muralha do Flamengo após ser alvo de críticas pelo seu desempenho na cobranças de pênaltis.

Os admiradores do pior time do mundo ainda destacam o bom rendimento do clube que vem de três vitórias seguidas na serie a2 do campeonato pernambucano e pedem a demissão do técnico e da diretoria para o time voltar as derrotas.

Empresas Aéreas anunciam hub em Fortaleza

Deixe um comentário

A cidade de Fortaleza a partir de maio de 2018 receberá voos da Air France-KLM. O Aeroporto Internacional Pinto Martins foi escolhido como hub (centro de conexão de voos) do Grupo e de sua parceira GOL para conectar o Nordeste do Brasil à Europa.

Reprod-Poa-24-Horas-75.jpg

Avião da GOL aterrissando no Aeroporto Internacional Pinto Martins

Fortaleza venceu a disputa travada com Salvador e Recife e vai sediar o hub (centro de conexão de voos) da Air France-KLM no Nordeste. Além disso, vai contar com cinco voos diretos semanais, sendo três para Amsterdã e dois para Paris, todos operados pela recém lançada companhia aérea da empresa francesa, a Joon.

O início das operações está previsto para maio do ano que vem. O voo de Paris para Fortaleza vai custar a partir de 251 euros, valor equivalente a cerca de R$ 932. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira, 25, em coletiva convocada pelas empresas, em São Paulo.

Em 2016, Fortaleza aprovou projeto que isenta de ISS os serviços para implantação e operação de hub de companhias aéreas e reduz de 5% para 2% o tributo para serviços como manutenção de aeronaves, hospedagem das tripulações, venda de passagens e pacotes turísticos. Além de isenção do IPTU e ITBI.

image

Governador Camilo Santana a direita ao lado do diretor geral da Air France-KLM e Paulo Kakinoff, presidente da GOL, após coletiva  | Foto: Divulgação

“Fortaleza será o novo ponto de entrada no Brasil para a Europa. A economia tem dado sinais de recuperação e a demanda dos brasileiros por voos internacionais também. Nós queremos participar ativamente dessa retomada. Este projeto reforça a nossa presença no País, um dos nossos mercados prioritários. Estamos muito felizes por oferecer mais esta facilidade aos clientes da região, com conexões mais rápidas e otimizadas para a Europa”, afirma Jean-Marc Pouchol, diretor geral Air France-KLM para a América do Sul. “Este projeto só foi possível graças à parceria da GOL, cuja malha aérea ajudará a alimentar os novos voos”, ressalta.

Fonte: Diário do Nordeste, O Estado, O Povo

Legendas das fotos

Deixe um comentário

armas3

Policia Boliviana realiza apreensão de armas em fronteira com o Brasil.

 

baleia1

Baleia é encontrada morta por banhistas, no Hawaii.

 

 

bebc3aa1

Criança brasileira é diagnosticada com doença rara no Belém do Pará

 

 

favela1

Após desabamento de terra, famílias da Rocinha tentam recuperar seus pertences perdidos durante a tragédia.

 

futebol1

Moradores da favela Varginha aproveitam fim de semana quente na cidade de São Paulo.

 

menino-arma1

Criança Afegã posa para foto durante guerra contra os Estados Unidos. 

 

meninos1

Crianças chilenas brincando em lixão localizado em Santiago.

 

saco1

Mulher carrega o produto de sua colheita durante o inverno em Santiago, Chile

 

soldado1

Soldado americano é gravemente ferido em conflito com o Afeganistão.

 

vulcao1

Haitianos registram a chegada do Furacão Irma no cinturão da Ilha de São Domingos, localizado no Sul do Haiti.

 

 

 

Minicarro elétrico dobrável é lançado na Coreia Sul

Deixe um comentário

Modelo do Armadilho-T em exibição (Foto: Divulgação)

 

Engenheiros do Instituto de Ciências e Tecnologias Avançadas da Coreia do Sul lançaram no último sábado (26), o protótipo do Armadillo-T. O projeto foi fabricado pela Coreia do Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia (KAIST).

O carro entra em período oficial de testes ainda em 2017 (Foto: Divulgação).

O Armadillo-T é um veículo elétrico em pleno funcionamento, que convenientemente se dobra em si mesmo quando estacionado para ajudar a economizar espaço. O atrativo do modelo é a sua capacidade de se dobrar como se fosse um tatu (em inglês, armadillo), levantando toda a traseira do veículo para caber em qualquer vaga.

O projeto de pesquisa foi apoiado pelo governo coreano, pelo Ministério da Terra, Infraestrutura e Transportes e pela Agência de Infraestrutura Tecnológica da Coreia e apresentado a imprensa em agosto passado.  Como a traseira fica por cima de toda a frente do carro, ele não possui espelhos laterais, usando câmeras para visão lateral. Se o Armadillo-T chegar às ruas, ele vai encontrar um concorrente: o espanhol Hiriko.

O carro elétrico dobrável é inspirado no tatu-bola.  Dobrado, o carro-tatu-bola passa de seus 2,8 metros originais para 1,65, quando desdobrado e em movimento, o Armadillo-T é um carro elétrico verdadeiramente 4×4, com quatro motores, um dentro de cada roda, acionados por um conjunto de baterias de íons de lítio de 13,6 kWh.

A colocação dos motores nas rodas é uma opção tecnicamente muito eficiente, além de facilitar a “dobradura” do carro-tatu. Com 450 kg vazio, o Armadillo-T pode levar duas pessoas e atingir uma velocidade máxima de 60 km/h. Uma carga completa das baterias dá uma autonomia de 100 km.

 

 

Pollyana Ferrari fala sobre o perfil e a visibilidade do comunicador online

Deixe um comentário

Com a dominância da internet em todos os setores de notícias e a sua grande velocidade de propagação de informação, o meio mutiplataforma ganha visibilidade profissional. Entrevistamos Pollyana Ferrari na PUC nesta manhã de segunda-feira (21) quanto a atividade do profissional de jornalismo neste setor desconhecido e vasto da multiplataforma.

 

A informação está por todos os lugares. A multiplataforma é o caminho para obtê-la.

 

Pollyana destacou características fundamentais do profissional multiplataforma moderno. As comunicações mais comuns com os meios de mídia que a maioria de nós já usamos no dia a dia é muito importante de ser mantida. Apesar do mar informacional, não se deve deixar de lado a importância comunicacional. A multiplataforma e o seu profissional devem possuir filtros de afinidade profundos para pescar o melhor desse oceano digital.

O profissional deve manter a sua relação com as redes ativamente.

Segundo a pesquisadora, o jornalista deve se adequar as mudanças sociais por interferirem diretamente na prática jornalística. “Quando o jornalista sai para a rua, ou vai para algum evento, ele tem que entender que ele volta para um meio multimídia”. Então ele tem que pensar no vídeo, no áudio, na possibilidade de uma infografia multimídia’, explica a doutora.

Não pode se basear em informar e achar que o público consuma o seu conteúdo passivamente. A multimídia deve ser pensada.  “É imprudente classificar tudo em uma só área de comodidade, a multiplataforma é vasta e entendê-la é a chave para dominá-la com eficácia”, afirma a pesquisadora.

Questionando Pollyana sobre a estruturação dos fatos em multiplataforma, ela trata da essência e de sua inovação. Analisar e mapear o novo é fundamental. Privilegiar mídias é uma opção pessoal e ao mesmo tempo profissional do indivíduo multiplataforma, mas a ausência do medo de arriscar deve ser comum a todos eles. Com a pluralização dos meios móveis de informação, se tornar um agente dessa mudança jornalística é quase programado.

Suspeito de dirigir van que matou 13 em Barcelona é morto pela polícia

Deixe um comentário

Exercício com o site da Folha

 

A polícia catalã informou que abateu nesta segunda-feira (21) o marroquino Younes Abouyaaqoub, 22, principal suspeito de dirigir a van que atropelou e matou 13 pessoas no ataque em Barcelona na quinta-feira (17).

No momento da operação policial, ele portava um cinto com supostos explosivos no município de Subirats, a 45 km de Barcelona. A polícia usou um robô para determinar a falsidade dos explosivos; Abouyaaqoub também carregava uma sacola com facas.

Pelo Twitter, a polícia informou que realizou a operação em Subirats após receber o aviso da presença de uma pessoa suspeita.

Abouyaaqoub era o único dos 12 suspeitos de envolvimento nos ataques da semana passada na Espanha ainda foragido. Sua mãe, Hannou Ghanimi, havia pedido que ele se entregasse, dizendo que preferia vê-lo na prisão do que morto.

“Os 12 alvos iniciais relacionados ao ataque [na Espanha] estão mortos ou detidos, mas isso não significa que a investigação acabou. Nós continuamos trabalhando”, disse a polícia catalã nas redes sociais.

Policiais e médicos em operação no município de Subirat, na Espanha. (Reprodução: Folha)

Quatro pessoas foram presas até agora em conexão com os ataques: três marroquinos e um cidadão do enclave espanhol norte-africano de Melilla. Eles serão levados para a Suprema Corte, em Madri, que tem jurisdição sobre assuntos de terrorismo.

Antes, autoridades não descartavam que Abouyaaqoub tivesse deixado a Espanha e afirmaram que as buscas haviam sido ampliadas para toda a Europa.

Mesmo com Abouyaaqoub até então foragido, o governo espanhol havia dito no sábado (19) que a célula terrorista envolvida no ataque foi desmantelada.

Nesta segunda, o número de mortos nos ataques da Espanha foi revisado para 15. Segundo a polícia, um homem foi esfaqueado até a morte durante a fuga do suspeito de dirigir a van em Barcelona.

Depois do ataque em Barcelona, terroristas atropelaram pedestres em Cambrils, matando outra pessoa. Os cinco autores foram mortos pela polícia.

Older Entries