Exercício legenda das fotos – Marcelly Fontoura

baleia15
Baleia é encontrada morta encalhada na manhã dessa sexta-feira na Praia de Iracema, em Fortaleza. O animal foi avistado por turistas
boi1
Touro Bandido cai em cima do Peão Tião durante rodeio nesse domingo, 19, na cidade de Boiadeiros, interior de São Paulo. Tião fraturou a coluna e segue em estado grave no hospital
sorrindo14
O trabalhador José Maria, de 60 anos, após ter a carteira de trabalho assinada pela primeira vez em 45 anos de serviço, na cidade de Itapipoca no Ceará
cao1
Cadela Rosinha esbanja beleza durante o 1º Miss Canina Ceará que aconteceu no Shopping Iguatemi, em Fortaleza. O evento contou com cerca de 20 cadelas concorrendo a coroa de miss
peixes1
Milhares de peixes são encontrados mortos na superfície do Rio São Francisco após lama contaminada de Brumadinho chegar às margens
soldado1
Dois soldados são feridos durante confronto na cidade de Aleppo na Síria. Um dos soldados morreu no hospital
menino1
Peter Parker, de 9 anos, enfrenta policiais em defesa de sua escola em Guaiúba, cidade metropolitana do Ceará
meninos1
Crianças sírias refugiadas se escondem em lixão, localizado em São Paulo, para não serem separadas
saco1
A filipina Chin Chun faz um percurso de 5 km diariamente carregando o dobro de seu peso em arroz, na cidade de Navotas
vulcao12
Vulcão em erupção força moradores da remota ilha de Papua, em Nova Guiné, a evacuarem a suas casas
Anúncios

Exercício de títulos – Marcelly

FUNÇÃO INFORMATIVA:

NOVA VACINA CONTRA A MALÁRIA É DISPONIBILIZADA PELA PRIMEIRA VEZ NO MALAUÍ

Um bebê do Malauí será o primeiro a receber a nova imunização. Esta vacina é a única a mostrar redução significativa da malária em crianças.

TENTANDO PROVAR QUE VEGANOS NÃO SÃO FRACOS MULHER MORRE EM EXPEDIÇÃO AO MONTE EVEREST

Maria Strydom não resistiu às complicações respiratórias e acabou morrendo na descida do cume Robert Gropel no Monte Everest. Ela foi a segunda pessoa a morrer durante essa expedição.

MCDONALD’S LAÇA NOVO HAMBURGUER MARCANDO A VOLTA DO FESTIVAL DE CHEDDAR

Festival de Cheddar voltou no Mc Donald’s e trás o retorno das Mc Fritas Cheddar Bacon, do Grand Cheddar McMelt e o lançamenro do hamburguer Cheddar McRib Barbecue.

COM INICIO DA SAFRA 2017/18 DE CANA-DE-AÇUCAR PREÇO DO ALCOOL E DA GASOLINA PODEM DIMINUIR

A expectativa para a nova safra de cana-de-açúcar para os próximos dias é a de redução no preço dos combustíveis. Em Fortaleza já está sendo repassado a diminuição aos consumidores.

FUNÇÃO INDICATIVA:

VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AFTOSA DE BOVINOS E BÚFALOS SE ESTENDERÁ PARA MAIS 16 ESTADOS ESSE MÊS

6 estados já foram atendidos neste mês e mais 16 receberão a imunização contra a febre aftosa no mês de junho, entre eles estão Acre, Goiás, Minas Gerais, Piauí, Rondônia, São Paulo e Distrito Federal.

BALEIA É ENCONTRADA MORTA NAS PRAIAS DE FILIPINAS COM MAIS DE 40 QUILOS DE PLÁSTICO NO ESTÔMAGO

A baleia da espécie bicuda de Cuvier, que morreu de desidratação e inanição, foi encontrada em Mabini com cerca 40 quilos de plástico, 16 sacas de arroz, sacolas de supermercados e sacolas de plantação de banana no estômago.

APÓS DESABAMENTOS PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO INICIA DEMOLIÇÃO DE DOIS EDIFICIOS EM MUZEMA

As construções que ficam ao lado dos dois edifícios no condomínio Figueiras do Intanhangá, que desabaram no último dia 12 deixando 24 mortos e sete feridos, começam a ser demolidas hoje (05).

CORREIOS INICIA SERVIÇO DE TRANSCRIÇÃO GRATUITA DE CORRESPONDÊNCIAS PARA O BRAILLE

As transcrições serão da escrita comum para o Braille e vice-versa. Esse serviço permitirá que os deficientes visuais possam enviar e receber correspondências na linguagem desenvolvida para eles.

FUNÇÃO APELATIVA: 

comida di buteco

fome

got

vingadores

Artistas tem apresentações canceladas devido ao clima durante o 2º dia de Lollapalooza (empacotamento)

Artistas tem apresentações canceladas devido ao clima durante o 2º dia de Lollapalooza
Artistas tem apresentações canceladas devido ao clima durante o 2º dia de Lollapalooza

Os shows de Silva e Chemical Surf que aconteceriam na tarde de sábado no Lollapalooza, 6, foram cancelados por causa das chuvas e da forte incidência de raios no Autodromo de Interlagos, Zona sul paulista. Snow Patrol, Jain e Gryffin fizeram apresentações curtas e o festival ficou suspenso por mais de duas horas.

Os portões principais do festival foram fechados e não era possível entrada ou saída. O show do rapper Rashid foi interrompido e os equipamentos cobertos com lonas, e orientação dos bombeiros era para que as pessoas evacuassem o local. A princípio a organização pediu para todos se afastarem das barras de ferro, mas por não informar o que estava acontecendo ao público, iniciou-se um tumulto.

Pessoas reclamaram que durante o período de duas horas o festival não exibiu nenhum show. “O evento é grande tem que ter esse cuidado, porém poderia um preparo né. Preparar alguma coisa para entreter o pessoal, até pra não ficar parado, todo mundo esperando sem um posicionamento.” Disse Sabrina em entrevista ao portal G1.

Silva que teve seu show cancelado fez uma pequena aparição no show do DJ Bhaskar, irmão do DJ Alok. E cantou o remix da música “Infinito particular”, clássico de Marisa Monte. Rashid teve seu show remarcado pela marca de cerveja, patrocinadora do Lolla, em um evento da Zona Oeste de São Paulo.

Fonte: ExameG1, Terra.

Bhaskar estreia no Lolla com participação do irmão gêmeo Alok e de Silva

Bhaskar, irmão gêmeo do DJ Alok, fez hoje sua estreia no Lollapalooza Brasil 2019 muito bem acompanhado. Ele trouxe ao palco seu irmão gêmeo Alok, o cantor Silva (que ontem teve sua apresentação cancelada por causa da chuva) e do trio de rappers 3030. Mesmo disputando horário com a apresentação concorrida da banda Greta Van Fleet, o DJ se apresentou para um grande público.

Antes de chamar Alok ao palco, Bhaskar tocou “Fuego”. “Vamos esquentar isso aqui, quero chamar meu parceiro de trabalho e irmão”, disse Bhaskar. Alok subiu em cima da mesa e agitou o público pedindo para jogarem a mão pra cima enquanto o palco explodia com fogos e luzes. Ele então desceu para a mesa do DJ e remixou uma versão de “Another Brick in the Wall”. No ano passado, Alok estreou no Lollapalooza Brasil já sendo o primeiro headliner brasileiro do evento: ele foi atração principal do palco eletrônico no primeiro dia.

Outro convidado especial a subir no palco do Bhaskar foi o cantor Silva. “Gratidão, Lolla. Sem dúvida essa é uma das noites mais importantes da minha vida.” , disse Bhaskar antes de chamar o cantor. “Ele é um amigo muito especial e essa é uma das músicas mais importantes para mim”, afirmou Bhaskar. Silva cantou “Infinito Particular”, de Marisa Monte, que ganhou uma roupagem pesada de Bhaskar, constratando com a voz suave a baixinha do cantor.

Kendrick Lamar encerra Lollapalooza em show explosivo com narrativa sobre racismo

Rapper mais relevante da atualidade, Kendrick Lamar fechou o Lollapalooza 2019 neste domingo (7), em São Paulo, com um show explosivo, que cumpriu expectativas rodeadas por seu gordo histórico de prêmios e a idolatria dos críticos. A apresentação teve:

Repertório poderoso do disco “Damn”, o mais comentado do rap nos últimos anos
Multidão cantando refrão de “Humble” em coro
Final com trilha de “Pantera Negra”, indicada ao Oscar
O rapper de Compton, periferia de Los Angeles (EUA), levou ao festival seu repertório concentrado no disco “Damn”, mistura de narrativa crítica ao racismo na América e desabafo introspectivo de conflitos sociais e emocionais.

O mais pop de sua carreira, o álbum foi aclamadíssimo em 2017. Arrebatou o Grammy e ganhou até um Pullitzer de música – ele foi o primeiro artista popular a conseguir o feito.

Kendrick canta sobre a luta para chegar aonde está em “Element”, uma das primeiras do setlist, recebida com exaltação pela plateia.
No mais eufórico, o rapper incentivou a multidão a gritar o refrão de “Humble”. Em “Loyalty”, originalmente gravada com Rihanna, mostrou que domina acrobacias com a voz.

Kendrick também incluiu “All the stars”, criada para a trilha de “Pantera Negra” e candidata ao Oscar, que encerrou a apresentação, com plateia já esvaziada. E um cover: “Goosebumps”, de Travis Scott.

Do repertório anterior a “Damn”, o destaque foi “Alright”. A música do disco “To pimp a butterfly” (2015) se tornou um hino dos protestos do Black Lives Matter, movimento de combate à violência contra negros nos Estados Unidos. O público aparentava entender o significado político daquelas rimas.

Perucas do Lollapalooza: Público do festival doa cabelo para pacientes com câncer

É possível curtir o Lollapalooza de diversas formas. Ajudar pacientes com câncer não é a mais óbvia delas, mas foi a opção de 40 pessoas que passaram pelo festival em 2019.

Em um tenda pequena, dois cabeleireiros cortavam os fios e uma costureira confeccionava perucas para distribuir a pacientes com câncer.

A ação, realizada pela ONG Cabelegria, rendeu mais de 40 perucas. Esta foi a primeira vez que os cortes solidários aconteceram no festival.

A estudante de engenharia Sabrina Monteiro, 20, não pensou muito antes de decidir cortar os cabelos. “Fiquei motivada porque mesmo tendo vontade de fazer alguma ação solidária, nunca havia tido oportunidade. Poder ajudar alguém com uma coisa tão importante como a autoestima me deixa muito feliz”, disse.

Empolgada, Sabrina espalha a palavra do corte solidário. “O que eu faço agora é tentar convencer as minhas amigas a doarem também. E quero conhecer a pessoas que vai ganhar a peruca com o meu cabelo”, declarou a estudante.

A inserção da ONG faz parte da criação do Planeta Lolla, área dedicada a ações de sustentabilidade, que também teve estandes do Greenpeace, da WWF-Brasil e da Ampara Animal.

A Cabelegria foi fundada em 2013 pelas amigas Mariana Robrahn e Mylene Duarte. Ela arrecada cabelos, confecciona e distribui perucas para pacientes com câncer via Correios e por meio de bancos perucas itinerantes e fixos. Até o momento, eles já doaram mais de seis mil.

Conheça os garotos que influenciaram as eleições dos Estados Unidos através de Fake News

Veles boys influenciam eleições
Conheça os garotos que influenciaram as eleições dos Estados Unidos através de Fake News

Na cidade de Veles, interior da Macedônia, jovens produzem notícias falsas que influenciam decisões no mundo todo. No documentário “Fake News – Baseado em Fatos reais”, do Globo News, somos apresentados a um dos “Veles boys” que criam sites onde publicam notícias falsas, com manchetes chamativas, ganhando dinheiro a cada click.

Um desses jovens, que se identificou como Christian de apenas 19 anos, concedeu uma entrevista ao Globo News para o documentário “Fake News – Baseado em Fatos reais”, exibido dia 30 de setembro de 2017, e disse que “Os americanos são estúpidos. Acreditam em tudo. Os que apoiam o Trump então… são mais ainda.”. Durante a entrevista Christian mostra com detalhes como publicar Fake News através do WordPress e colocar publicidade no blog, com ajuda do Google AdSense, para ganhar dinheiro.

Christian revela que redes sociais como o Facebook tendem a tirar do ar paginas que publicam fake news, mas que o Google ganha muito dinheiro com a propagação dessas notícias falsas. Ele conta que: “O Google está ganhando mais dinheiro que nós, se eu ganho 5 mil euros essa semana, eles ganham 20 mil euros. Eu fico com 20% ou 30% e eles pegam o resto. Então, é um bom negocio para o Google as fake news.”

Os garotos de Veles foram responsáveis por mais de 100 sites de notícias fantasiosas favoráveis ao então candidato Donald Trump. A Macedônia foi considerada a fabrica mundial de Fake News, principalmente durante as eleições dos Estados Unidos em 2016.

Polícia Federal diz que Temer incentivou ‘pagamentos ilegítimos’ a Eduardo Cunha

Polícia Federal diz que Temer incentivou 'pagamentos ilegítimos' a Eduardo Cunha
Polícia Federal diz que Temer incentivou ‘pagamentos ilegítimos’ a Eduardo Cunha

A Polícia Federal concluiu, no relatório final do inquérito no qual Michel Temer é investigado que o presidente “embaraçou” apuração de infração penal e “incentivou” a manutenção de “pagamentos ilegítimos”, pelo empresário Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.

O delito, também conhecido como obstrução de Justiça, tem pena de 3 a 8 anos de prisão e multa.

Além do incentivo a pagamentos ilegítimos a Cunha, a PF também diz que Temer deixou de comunicar às autoridades suposta corrupção de juízes e de um procurador narrada por Joesley Batista, numa conversa registrada pelo empresário com um gravador escondido durante visita à residência oficial do presidente na noite do último dia 7 de março.

A assessoria da Presidência da República informou que não comentará. Até a última atualização desta reportagem, o G1 buscava contato com os advogados de Temer.

O relatório da PF, entregue nesta segunda-feira (26) ao Supremo Tribunal Federal, ajudará a embasar a denúncia contra Temer a ser enviada ao STF pela Procuradoria Geral da República. Junto com o relatório, a PF entregou a perícia na gravação de Joesley Batista, que, segundo a conclusão dos peritos, não sofreu edição.

Por lei, a PGR tem prazo de cinco dias para apresentar a denúncia porque um dos investigados no inquérito, o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, está preso. Do contrário, não haveria prazo. Se a PGR não apresentar a denúncia até esta terça (27), último dos cinco dias, a defesa de Loures poderá pedir a libertação do cliente.

De acordo com o relatório, Temer cometeu “infração penal praticada por organização criminosa, na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha pelo empresário Joesley Batista, ao tempo em que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção de membros da Magistratura Federal e do Ministerio Publico Federal que Ihe fora narrada pela mesmo empresário”.

Além disso, o “relatório conclusivo” da PF sugere incluir Temer, como investigado, em outro inquérito já em tramitação no tribunal, que investiga a formação de uma organização criminosa formada por membros do PMDB da Câmara.

Na semana passada, a corporação já havia concluído que Temer cometeu crime de corrupção passiva a partir da investigação aberta com a delação da JBS. O relatório final, enviado nesta segunda, poderá gerar novas denúncias contra o presidente por parte da Procuradoria Geral da República.