EXERCÍCIO – Títulos Jornalísticos no contexto hipertextual – Cristina Fontenele

FUNÇÃO INFORMATIVA

1- Segunda etapa de vacinas contra a febre aftosa começa este mês

As vacinas são para rebanhos de bovinos e búfalos e estão disponíveis inicialmente para 6 estados brasileiros

FUNÇÃO IDENTIFICATIVA

FUNÇÃO APELATIVA

 

meioambiente

Anúncios

20ª Edição do Ceará Natal de Luz é lançado em Fortaleza

foto-1
20ª edição do Ceará Natal de Luz trás novidades e programação com diversas atrações. Waldonys e Marcos Lessa se apresentaram na abertura do evento.

A 20ª edição do Ceará Natal de Luz deu início no último dia 25 de novembro, na praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza. A abertura contou com shows do cantores cearenses Marcos Lessa e Waldonys. Este ano, o evento traz uma novidade: além da já tradicional árvore de natal na Praça do Ferreira, outra foi instalada na Praça Portugal, na Aldeota. O evento é promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza – CDL, em parceria com o Governo do Estado.

O tradicional evento foi aberto às 16h20, com apresentação da Orquestra de Jazz, ‘Big Band’, da Universidade de Fortaleza (UNIFOR). O nascimento de Jesus foi relembrado pelo ‘Arautos do Evangelho’ e logo em seguida, a iluminação da árvore de natal, que esse ano confeccionada com redes (de descanso), foi acesa. A fachada do Cineteatro São Luiz também foi atração à parte: foi transformada em um telão gigante, onde foi projetado animações natalinas.

Iluminação da árvore de natal foi inaugurada no lançamento do Natal de Luz.
Iluminação da árvore de natal foi inaugurada no lançamento do Natal de Luz.

O momento mais aguardado foi a chegada do Papai Noel. Ele surgiu no alto do prédio do antigo Hotel Excelsior, e depois de alguns minutos, surgiu no palco do Natal de Luz por trás de um telão. Depois da apresentação do bom velhinho, às 130 crianças e adolescentes do Coral de Luz cantaram as tradicionais músicas natalinas das sacadas do Excelsior. Até o dia 23 de dezembro, o coral fará apresentações, sempre às 18 horas, e o público ainda contará com apresentações de bandas e orquestras regionais durante os dias do evento. Na Praça Portugal, as apresentações natalinas serão às sextas, sábados e domingos. Nos dias 20, 21 e 22 de dezembro, haverá apresentação teatral da peça ‘Natal de Clara’ no Cineteatro São Luiz, com o grupo teatral do humorista e diretor, Carri Costa.

 

Confira no vídeo abaixo, o resumo do evento:

 

logobaixanataldeluz

A caminho de Paracuru

img_20161203_090958506

No trajeto de Pentecoste a Paracuru, ambas cidades cearenses, principalmente nos últimos anos, é notável o desgaste da paisagem em função da seca, mesclando beleza a desastre e transformando a visão de quem passa. Contudo, a visão paga a viagem.

Saindo da Terra do Peixe, como Pentecoste é carinhosamente chamada, percorrendo toda a rodovia CE-341, ainda se cruza um município pequeno, Quatro Bocas, e uma boa estrada cercada por trechos de flora que varia de mata densa e clareiras secas.

A mudança de climas entre as duas cidades é muito perceptível. Pentecoste é mais quente, apesar de não ter tantos prédios que bloqueiem o vento. É mais centralizada no mapa e se localiza numa área pertencente ao norte do estado.

Paracuru é uma cidade litorânea localizada a 87km da capital do estado, ponto turístico estadual e referência no comércio dessa área. O clima se torna mais receptivo, com ventos frescos e, apesar do sol escaldante, não há tanto mormaço como na cidade natal do pequeno Jorlean, de 10 anos.

“Eu gosto de vir aqui”, diz o filho de comerciantes pentecostenses. “A gente vem poucas vezes, porque o pai e a mãe vivem trabalhando, mas uma hora dá certo.” Depois ele correu para a piscina do Hotel Dunas, uma pousada muito conhecida que tem um parque aquático em tamanho reduzido acoplado.

Mas antes de chegar ao hotel, é lei fazer uma pausa na paisagem que lhe batiza: as dunas de Paracuru. Um vale de areia dividido pela estrada e que comporta, de um lado, um parque eólico que abastece cerca de 384 mil pessoas, e, do outro, a orla de um paraíso conhecido como Praia da Pedra Rachada.

“É muita areia!”, expressa Wlysses, de 13 anos, irmão de Jorlean. “Nunca tinha parado aqui nas dunas. É incrível como existe tanta areia num lugar só”, e gargalha. Apesar de novo, ele tem uma namorada e ela, de 14 anos, também gostou bastante do passeio.

Cada pedaço da cidade vale o calor e a distância. No mapa, há uma porção de caminhos que podem levar você às praias do município litorâneo.

mapa-paracuru

Galeria de fotos:

A caminho de Paracuru

A história de superação de Cláudio Amora. O primeiro paratleta cearense.

claudio-amora-e-o-primeiro-paratleta-cearense-2
Cláudio vence o cansaço para terminar a prova de triatlon

Logo na sua infância Cláudio passou por um momento bem difícil. Com seus dois anos de idade teve paralisia infantil causada por uma febre e a sua perna esquerda se atrofiou. Estava prevista para ele uma vida com muitas dificuldades, mas também de superações. Sua família já arquitetava uma vida cheia de privações e de dependência por parte de Cláudio, já que ele tinha uma deficiência física pensava-se que ele não iria conquistar muita coisa e que a sua vida seria igual de outros deficientes e que não conquistaria quase nada. Mas eles estavam enganados e isso lhe seria mostrado no futuro.

Por indicação médica começou a praticar basquete em cadeiras de rodas, para ajudar a fortalecer a sua perna. Foi a partir desse momento com o primeiro contato com o esporte que surgiria um grande campeão e colecionador de medalhas. Com o passar dos anos o desejo de praticar mais modalidades foi aumentando assim surgiu outras novas paixões, a natação e a corrida em cadeiras de rodas. Cláudio foi se dedicando e se aprimorando mais nessas modalidades esportivas. Foi durante esse tempo de novas descobertas  dentro do âmbito esportivo que lhe foi apresentado o Triathlon, modalidade esportiva que combina, natação, corrida e bicicleta. ‘’Certo dia estava eu nadando no corpo de bombeiros no José Walter e fui convidado a participar da modalidade de Triathlon. Participei do meu primeiro campeonato e gostei muito. Com todo o meu esforço fui o primeiro deficiente cearense com deficiência a participar de uma prova de Triathon’’ diz Cláudio.

Hoje Cláudio é reconhecido na modalidade de Triathlon, a qual já lhe rendeu muitas medalhas. Já viajou a muitos estados do Brasil para participar de campeonatos, os quais lhe renderam muitas medalhas. No total foram 64 campeonatos como paratleta profissional. Mesmo sem o apoio do governo nunca desistiu de seus objetivos e de praticar esporte. Mesmo com o preconceito por conta a sua deficiência Cláudio nunca se deixou abater. Com ajuda de sua família e de seus amigos conseguiu estar firme até agora.

Cláudio passou e ainda passa por muitas dificuldades em conseguir um patrocínio, já que as empresas não valorizam o esforço de atletas com deficiência. Mesmo com todas as participações em muitos campeonatos e muitos pódios conquistados, ainda falta interesse por parte dessas empresas. Mas isso não o impede de competir e ganhar muitos primeiros lugares.

claudio-amora-e-o-primeiro-paratleta-cearense-8
Claúdio sempre teve o apoio de sua família

Medalhas e  campeonatos

Claúdio já participou de muitos campeonatos nacionais e alguns internacionais. Chegou a receber a medalha de mérito Desportivo, da secretária de Esportes do Estado do Ceará (Sesporte) de melhor paratleta do Ceará. A lista passa de sessenta competições. Lembrando que Cláudio foi o primeiro paratleta cearense a participar de um campeonato na modalidade de Triatlon. Alguns desses campeonatos:. Em 2012 e 2013 obteve várias conquistas, sendo campeão na categoria TRI 02 – Campeonato Cearense de Sprint Triathlon (2ª etapa 2013); campeão ranking 2013 na categoria TRI 02; campeão da categoria TRI 02 do Campeonato Cearense de Aquathlon – 1ª etapa 2013; 5º colocado no Campeonato Mundial de Paratriathlon 2013; 3º colocado no ranking brasileiro de Paratriathlon 2013 na categoria TR-02 e 13º colocado no ranking mundial de Paratriathlon 2013, em Londres,nacategoriaTR-02.

Galeria de fotos.

https://www.flickr.com/photos/124259163@N07/albums/

Trabalho Final – Acolhimento Familiar

dscn7881Fortaleza conta com um abrigo que recebe mulheres e crianças em situação de vulnerabilidade. Os  Programas de Acolhimento Institucional tem a missão de  ofertar atendimento às famílias e indivíduos que sofreram violação de seus direitos e que necessitam de acolhimento provisório, fora do seu núcleo familiar. Garantindo proteção integral a indivíduos em situação de risco pessoal e social, com vínculos familiares rompidos ou extremamente fragilizados, por meio de serviços que garantam o acolhimento em ambiente com estrutura física adequada, oferecendo condições de moradia, higiene, salubridade, segurança, acessibilidade e privacidade. Os serviços também devem assegurar o fortalecimento dos vínculos familiares e/ou comunitários e o desenvolvimento da autonomia dos usuários.

O endereço dos acolhimentos devem ser sigilosos , para a segurança das abrigadas, e os contatos são feitos nas Delegacias de Defesa da Mulher ou em Centros de Referência. Nestes serviços costuma-se fazer avaliação de risco antes do encaminhamento ao abrigo.

O abrigamento é o ultimo recurso para a proteção das mulheres que sofrem violência, e é indicados para os momentos em que há risco de vida iminente, e quando não há outro lugar seguro para a mulher ir. Para garantir a segurança e o sigilo sobre seu paradeiro, são necessárias algumas restrições: a mulher não pode ter contato com os familiares e pessoas que o agressor conheça. Ela e os filhos também devem deixar de circular pelos lugares de costume, e com isto, trabalho e escola devem ser interrompidos ou trocados. Por isso, é muito importante avaliar os riscos e orientar as mulheres sobre o tipo de proteção que um abrigo pode oferecer.

Além de proteger, atender e abrigar, muitos abrigos desenvolvem atividades que visam à reestruturação da vida, à superação da situação de violência e da vitimização.

Saiba mais: 

Acolhimento para mulheres e crianças em Fortaleza/CE

https://www.flickr.com/photos/150155854@N04/albums

 

 

 

 

 

Facundo Construções

Quem somos

A empresa Facundo Construções tem como objetivo administrar e gerenciar obras. A empresa desenvolve um planejamento, incluindo uma análise do projeto a ser executado, definição de propostas e a elaboração do serviço. O grande diferencial da empresa Facundo Construções está na execução das obras e na técnica para cada serviço. Com medidas estratégicas e inovadoras a empresa conta com profissionais experientes e agilidade na execução dos projetos.

facundo-construcoes-1

 

Procedimentos 

A empresa Facundo Construções oferece serviços de reparos, manutenção, novas construções e saneamento. As obras de saneamento consistem em tratamento de água e canalização.

Hoje

Atualmente, a empresa Facundo Construções está com obras em andamento na região Caucaia e Maranguape, ambas de saneamento.

Em obras de saneamento, a empresa Facundo Construções adota um procedimento que visa proporcionar uma condição mais higiênica e saudável para os habitantes.

Segundo o proprietário e técnico de obras, Augusto Abreu, a empresa ao aderir obras que necessitam de medidas de saneamento, além de evitar uma possível contaminação e proliferação de doenças através daquela água, também garante uma melhor condição de saúde para as pessoas que ali habitam. Contribuindo assim para o bem-estar daquela comunidade.

15350611_1839812122960785_7360337865033691674_n
Proprietários Augusto Abreu, Raimundo Facundo e Arthur Abreu

 

VEJA MAIS: https://www.flickr.com/photos/147081863@N06/shares/5K67U5

 

Respiração na Água reedita memórias do nascimento e proporciona relacionamentos mais saudáveis – Cristina Fontenele

Você sabia que o tipo do seu nascimento pode afetar todos os seus relacionamentos ao longo da sua vida? É o que demonstra o Renascimento na Água. A técnica permite um retorno ao momento do nascimento, quando o indivíduo, ainda bebê, fixou suas primeiras crenças sobre a vida. A terapia é conduzida pelo Clube do Renascimento, em Fortaleza, e busca reeditar as memórias desse período, proporcionando relacionamentos mais saudáveis e felizes.

O Workshop na Água, realizado duas vezes ao ano, tem como base a terapia da respiração consciente, também conhecida como Renascimento. Descoberto na década de 1970, pelo terapeuta americano Leonardo Orr, o Renascimento é uma técnica suave e transformadora que propõe inúmeros benefícios, como o alívio do stress e a melhora da autoestima. Por meio de uma respiração específica pela boca, o praticante acessa memórias e bloqueios energéticos guardados no corpo, que acabam por limitar a vida em diversos aspectos.

A técnica aplicada na água foi difundida por outro terapeuta americano, Bob Mandel, e utiliza a respiração dentro da água para acessar as memórias do parto. Respirando com snorkel e pinça, o participante consegue sentir as emoções vividas no ambiente líquido do útero, desde o período da concepção, passando pela gestação e pelo nascimento. Percebe as condições experimentadas na relação com os pais e os primeiros anos de vida.

No Workshop, o participante detecta algumas das crenças originadas do seu tipo de nascimento. De acordo com os coordenadores do Clube, se o parto foi demorado, a mãe sofreu muito para dar a luz, pode ser que a pessoa desenvolva a ideia de que “meu amor fere os outros”. Um comportamento típico dessa crença seria um temperamento violento ou uma forte necessidade de ajudar os outros, para compensar uma culpa inconsciente.

Se o parto foi do tipo fórceps, a pessoa pode precisar sempre de alguma intervenção externa para realizar as mudanças na vida. Para reeditar essa crença, o indivíduo precisa internalizar a ideia de que sempre recebe ajuda e apoio quando necessários.

Outra situação ocorre quando os pais desejem um sexo diferente da criança nascida (por exemplo, se queriam um menino e nasceu uma menina), a pessoa pode viver sob a crença de que “há algo de errado comigo”. Nesses casos, os terapeutas do Clube explicam que é comum a propensão à doença, a acidentes, ou ainda a tendência ao perfeccionismo.

Libertar-se dessas crenças limitantes, “mentiras pessoais” como define Bob Mandel, e reeditar o momento do nascimento, considerado a primeira grande mudança na vida, é a proposta do Renascimento na Água. Para o Clube do Renascimento, tornar-se ciente dessas questões de comportamento proporciona mais fluidez nos relacionamentos e uma maneira de ser mais leve e amorosa na vida.

O Workshop de Renascimento na Água é realizado duas vezes ao ano, nos meses de março e novembro, onde o participante experimenta duas sessões – uma na piscina e outra na jacuzzi com água quente. O grupo ocorre no Osheanic International, na Prainha, espaço projetado para trabalhos terapêuticos dessa natureza.

Veja abaixo imagens do último grupo realizado pelo Clube do Renascimento – 17º Workshop de Renascimento na Água, de 25 a 27 de novembro de 2016.

XVII Workshop de Renascimento na Água

Fundado há mais de dez anos na cidade de Fortaleza, Ceará, o Clube do Renascimento funciona sob a coordenação de quatro Terapeutas Renascedores, atuando em formato único no Brasil. A missão do grupo é proporcionar uma vida com mais consciência, amor, leveza e prazer. A seguir, confira o vídeo com os terapeutas do Clube e com as sessões de Renascimento do 17º Workshop de Renascimento na Água.


Serviço:
Clube do Renascimento de Fortaleza
Site: www.clubedorenascimento.com.br
Youtube
Facebook
Informações: (85) 99659.4125 / contato@clubedorenascimento.com.br

 

 

Trabalho final- Festival natal de luz chega a sua 20ª edicão

20161205_181900
Praça do Ferreira no Centro de Fortaleza toda iluminada para a chegada do natal                    Foto/ Cleia Uchoa

Com o tema “Solidariedade, União e Cuidado”, o Ceará Natal de luz chega a sua 20ª edição com apresentações na praça do Ferreira em Fortaleza.  O coral com 130 crianças e adolescentes do “Coral de Luz” encantam a todos com as músicas natalinas num dos antigos hotéis mais conhecidos da Capital, o Excelsior. As apresentações começaram no dia 25 de Novembro e vão até o dia 23 de Dezembro, sempre as 18 horas.

Todos os anos os enfeites na praça chamam a atenção de quem passa por lá. As árvores, as fachadas dos prédios, até o relógio ganha enfeite de natal, e não é só as crianças que se divertem, muitos adultos acabam não se rendendo ao chamado espirito natalino e todos os dias quando o coral começa a cantar a praça já está cheia de espectadores. Uma tradição também é a árvore de natal, que nessa edição foi montada de forma especial. Com 24 metros de comprimento e feita a partir de redes brancas, e a noite durante as apresentações ela vai mudando de cor, o que deixa ainda mais lindo todo o cenário da praça.

20161205_181517
Uma das atrações principais a árvore de natal feita com redes brancas vai mudando de cor Foto/ Cleia Uchoa

. Link da apresentação do coral natal de luz

Novidade

Nessa edição além das apresentações na praça do Ferreira, também está acontecendo nos fins de semana na praça Portugal na Aldeota. Outra novidade é que durante o evento no Centro, as pessoas podem ajudar na questão sustentável de nossa cidade levando garrafas pet e trocando por mudas de plantas.

Galeria de fotos no Flickr

https://www.flickr.com/photos/124259163@N07/albums/72157677723701225/with/31582681305/

 

Trabalho final – Praça Luiza Távora é alternativa de lazer em Fortaleza

Centro de Artesanato do Ceará (CEART) oferece variedades em artefatos regionais
Centro de Artesanato do Ceará (CEART) oferece variedades em artefatos regionais / Foto: Pedro N. Sucupira

Localizada no bairro Aldeota, a praça Luiza Távora é referência no quesito contato com a natureza e lazer para a família.

Por apresentar alternativas que parecem fugir da realidade urbana, o local possui um ambiente extremamente arborizado e adequado para um bom passeio com os familiares.

Também conhecida como Praça do CEART, o lugar abriga o Centro de Artesanato do Ceará (CEART), onde são vendidos os mais diversos trabalhos artesanais como produtos de cerâmica, argila, adereços de decoração etc.

Com cerca de 42 mil artesões locais cadastrados, o espaço tem o intuito de fortalecer a valorização do artesanato local e pela geração de renda neste setor.

Como parte das atividades e serviços oferecidos pela praça, podem ser citados a pista de skate, parque infantil, o próprio CEART, aparelhos de ginástica para o público em geral e o vagão que antes abrigava um espaço para leitura de livros.

img_20161205_161140894
Vagão de trem é datado de 1938 e chama a atenção dos frequentadores da Praça Luiza Távora / Foto: Pedro N. Sucupira

O fato de ter um vagão de trem na praça é um tanto curioso, porém é este aspecto que chama bastante atenção no local. Cedido pela Rede de Viação Cearense, foi fabricado em 1938 na Bélgica e antigamente era puxado por uma locomotiva a vapor.

Hoje o vagão está interditado, porém ainda pode ser contemplado pelos visitantes e oferecer belos registros fotográficos.

Em 2011 a praça passou por uma reforma, trazendo aspectos como a acessibilidade para deficientes no local e manutenção do parque infantil, dentre outras mudanças.

O lugar, além de oferecer entretenimento e opções de passeio com a família, abriga a gestão de órgãos do Governo do Estado, como a sede do Programa Ceará Acessível (que auxilia idosos e deficientes através de medidas de acessibilidade) e o Núcleo de Capacitação para o Artesão, dentre outros.

Confira um vídeo sobre a praça:

Mais informações:

Endereço: Av. Santos Dumont, 1589 – Aldeota, Fortaleza – CE

Horários de funcionamento do CEART: segunda a sábado, de 09h às 21h e domingo, de 14h30 às 20h30

 

Galeria de fotos -> https://flic.kr/s/aHskQ3ZAmq