Início

Jornalistas esportivos falam da honestidade dos jogadores brasileiros

Deixe um comentário

Tem-se discutido dentro do jornalismo esportivo nos últimos dias a questão da honestidades dos jogadores de futebol. O jornalista do Sportv André Rizek fez um post em seu Twitter sobre:

//platform.twitter.com/widgets.js

André Rizek crítica as atitudes nos últimos tempos de jogadores brasileiros que cobram algo, mas na hora de se dá o exemplo; não correspondem de acordo com aquilo que falam. O jornalista esportivo faz duras críticas a forma como o atleta falha em caráter.

O velho e famoso jeitinho brasileiro de fazer as coisas segundo a antiga lei de Gerson. Andre Rizek cobra que o jogador seja sincero, honesto, não pense que os três pontos valham mais que um ato de personalidade e caráter. O erro do jogador é querer sempre que a honestidade venha favorecer a sua equipe.

Rodrigo Mattos repórter da Uol foi só mais um de tantos cronistas esportivos que falaram sobre a atitude do jogador Jô do Corinthians neste domingo (17 setembro) contra o Vasco.

//platform.twitter.com/widgets.js

O Corinthians ganhou o jogo com o placar de 1 x 0 e se firmou mais líder no campeonato brasileiro. O time abriu novamente a diferença de dez pontos para o vice líder Grêmio, mas o que chamou a atenção da crônica esportiva foi a falta de honestidade do jogador que há pouco tempos atrás se envolveu em um lance marcante na história do futebol brasileiro. O zagueiro Rodrigo Caio do São Paulo em jogo pelo campeonato paulista pisou no seu companheiro de equipe: o goleiro Renan Ribeiro. O árbitro da partida Luiz Flávio de Oliveira entendeu que quem havia pisado no goleiro teria sido o atacante Jô, mas em um ato raro no futebol Rodrigo Caio foi até o árbitro que já havia aplicado um cartão amarelo no atacante corintiano que assim estaria fora do segundo jogo da semifinal do paulistão. O zagueiro disse ao juiz da partida que ele que teria pisado no goleiro, o juiz anulou o cartão para Jô e o jogo seguiu. Essa atitude do boleiro gerou uma série de discussões no mundo do futebol. Quando todos esperavam uma atitude parecida de Jô na partida contra o Vasco o atacante falhou em honestidade. Jô fez um gol de braço o que levou todos a se perguntarem: cadê o homem que havia elogiado e cobrado a atitude do companheiro de profissão?

Anúncios

Jandira Feghali comemora votação no STJ contra Michel Temer

Deixe um comentário

//platform.twitter.com/widgets.js

Na ultima quarta feira, 20, a médica e deputada Jandira Feghali, do PCdoB, em sua conta no twitter comemorou votação no TJF contra o Presidente Michel Temer. O seu pôster obteve 65 retweeter, 128 curtidas e vários comentários em apenas duas horas de publicação na rede.

A deputada Federal do Rio de Janeiro tem cerca de 110 mil seguidores no twitter e é uma assídua em comentários em suas redes sociais. Em suas ultimas postagens ela declarou: “MAIORIA JÁ DECIDIU!!! Denúncia de Rodrigo Janot contra Temer não volta à PGR e segue para ser votada na Câmara”.

Temer foi acusado de obstrução de Justiça e participação em organização criminosa pela Procuradoria Geral da República (PGR). Cinco ministros votaram contra a suspensão da tramitação da denúncia contra o presidente Michel Temer, nesta quarta-feira, 20. Para o advogado de Temer, as acusações referem-se a um período em que o presidente não estava no cargo. De acordo com a Constituição, o presidente da República não pode ser alvo de investigação sobre fatos que aconteceram antes de assumir a chefia do governo. O placar da votação está em cinco votos a zero pelo envio, contrariando pedido feito pela defesa do presidente.

A autorização prévia para processar o presidente da República está prevista no Artigo 86 da Constituição: “Admitida a acusação contra o presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade”.

 

Exercício com o Twitter

Deixe um comentário

DATA DE LANÇAMENTO DE SLEEPING BEAUTIES SE APROXIMA COM NOVO TWEET DE STEPHEN KING

 

A data de lançamento de Sleeping Beauties, novo livro de Stephen King, se aproxima com novo tweet do autor enviado nesta noite de sábado (16). A obra escrita em parceria com o filho, Owen King, autor de Into The Alien Invasion (2015), foi anunciada pela primeira vez ao público em dezembro de 2016 em uma conferência do filme A Torre Negra, adaptação para o cinema da maior série de livros de King.

BELAS ADORMECIDAS, por mim e meu filho Owen, está quase lá. Espero que vocês todos aproveitem. Está incrível“.

O público de King, famoso pelo engajamento com o autor nas redes sociais, respondeu de maneira igualmente empolgada com a proximidade do lançamento internacional do livro previsto para o dia 26 de setembro deste ano, embora com imprecisão já declarada pelo próprio autor.

Estou tão animado por isso! Só Deus sabe o que irei ler seu em seguida, mas irá acontecer!”.

Estou otimista para ver o que você e seu filho conceberam!“.

 

O mesmo comigo. Estou lendo ele no ensino médio! O único autor que já me fez gritar durante a leitura.”

O único autor que já me fez jogar um livro do outro lado da sala por medo!“.

Sleeping Beauties será o primeiro livro de Stephen King produzido em escrita compartilhada por um dos três filhos. O enredo já possui uma sinopse liberada ao público em março deste ano. O enredo novo e alternativo de King empolga um público novo e os já fiéis dentro do gênero. A abordagem com a nova história, segundo o próprio Stephen King, renderá medo e paixão na mesma medida confusa para o leitor.

Com o descompromisso gradual com a escrita de mais livros, o autor agora mantém a sua rotina mais calma. Owen King planeja escrever mais dois livros este ano, embora desta vez sem parceria com nenhum escritor da família. A trama girará em torno de sonho, realidade e beleza na violenta escrita já conhecida nas narrativas da família King.

Dilma se pronuncia sobre a decisão de tratar a homossexualidade como doença

Deixe um comentário

A ex-presidente do Brasil, Dilma Roussef, nesta quarta-feira (20) declarou sua opinião no Twitter acerca da liminar que permite tratar a homossexualidade como doença. O Juiz Waldemar Cláudio de Carvalho da 14ª Vara do Distrito Federal, determinou que terapias de “reversão sexual” não podem ser proibidas pelo Conselho Federal de Psicologia, popularmente chamada de “cura gay”.

 

//platform.twitter.com/widgets.js

 

//platform.twitter.com/widgets.js

//platform.twitter.com/widgets.js

 

Famosos, celebridades e figuras importantes mostraram que são contra isso, ao manifestarem suas opiniões. A decisão causou polêmica, revolta e indignação nas redes sociais, principalmente na classe LGBT. Como resposta, a comunidade já protesta, marca mobilizações em várias capitais do Brasil e forma resistências se opondo a liminar.

Symmy Larrat, presidente da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais (ABGLT), disse que a entidade repudia a decisão da Justiça e a considera um equívoco ao querer determinar como o CFP (Conselho Federal de Psicologia) deve agir, referente a uma resolução da categoria.

“Para nós, LGBT, esta decisão nos coloca de volta num cenário onde homossexuais eram tratados como doentes e torturados. Sabemos que há práticas de tortura psicológica e até exorcismos sendo cometidos contra jovens homossexuais e esta decisão reforça este tipo de situação. Infelizmente a homofobia está internalizada no Judiciário também, mas acreditamos que o Superior Tribunal Federal não permitirá que isso ocorra”, afirma Larrat.

Regiane Alves protesta contra decisão da Justiça Federal de tratar a homossexualidade como doença

Deixe um comentário

//platform.twitter.com/widgets.js

Na terça-feira, 19, a atriz Regiane Alves (39), escalada para próxima minissérie da Globo “Cidade Proibida”, declarou em seu perfil do twitter uma crítica a decisão da Justiça Federal do DF de tratar a homossexualidade como doença.

“Fica difícil ter fé em um país que amor é considerado doença e ejacular numa mulher dentro de um ônibus nem prisão dá. #HomofobiaÉDoença“, critica a atriz. Além de Regiane, diversos artistas declararam suas insatisfação e protestaram nas redes sociais, como as cantoras Anitta, Marília Mendonça, Daniela Mercury e muitos outros.

A Anitta declarou “O Brasil se devastando e as autoridades preocupadas com quem queremos nos relacionar. Isso precisa acabar…” em vídeo publicado no Instagram.

A cantora Marília Mendonça em publicação no seu perfil no instagram fala “O que esperar de um Brasil que trata as maiores atrocidades como se fosse normal, e que trata o amor das pessoas como se fosse doença? Eu jamais vou entender, pessoas que querem decidir sobre a vida das outras, seja em qualquer aspecto…”.

Já Daniela Mercury postou uma foto ao lado da sua esposa Malu Verçosa, com a legenda “Dá para perceber de “cara” que estamos doentes. Doentes de amor, doentes de respeito mútuo, doentes por nossa família. Somos doentes de felicidade! Nos respeitem!
#homofobiaédoença #edeviasercrime#temposinsanos #tempossombrios #ONU#livreseiguais #UN #freeandequal“.

A decisão do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, acatada na sexta-feira, 15, dá liberdade aos psicólogos à praticarem terapias de “reversão sexual” em homossexuais, sem censura do Conselho Federal de Psicologia. A decisão viola a resolução 01/2009 do CFP que define as normas de como os psicólogos devem atuar em questões relacionadas à orientação sexual.

O conselho entrou na justiça pedindo o impedimento da ação, já que ela viola os direitos humanos e não tem comprovação científica que a terapia funciona. A medida fere o entendimento da Organização Mundial de Saúde (OMS) que não considera as questões  de orientação sexual como uma patologia.

Na publicação a atriz ainda criticou a liberação do Diego Ferreira de Novais, acusado de ejacular em uma mulher dentro de um ônibus coletivo na Avenida Paulista, sendo detido e levado para a delegacia após passageiros contê-lo para que ele não fugisse. Após ficar 24 horas preso foi liberado pela justiça, o agressor já tinha cinco passagens pela polícia por estupro.

A indignação da artista foi compartilhada por mais de cinco mil e trezentos usuários da rede social que também utilizaram a hashtag #HomofobiaÉDoença, ficando nos Trending Topics mundiais dos assuntos mais comentados, expondo suas opiniões contra a decisão.

Após polêmica com Nego do Borel, Anitta responde internauta através do Twitter

Deixe um comentário

Nego do Borel fez uma confissão em seu Instagram nessa terça-feira (19). O cantor está se dedicando ao corpo,  com dieta e malhação, e garantiu aos seus seguidores que não toma anabolizantes, apesar de já ter tido vontade.

“Gente, não estou tomando bomba não, hein?”, disse ele, que contou que teve a ajuda de duas amigas famosas: “Bem que eu queria tomar um negocinho pra me dar mais disposição apenas, mas a Anitta e a Mayra Cardi não deixaram, me botaram um terror. Falaram que é pra eu focar no treino, entrar na dieta, que eu ia conseguir chegar ao meu objetivo”.

Em seu Twitter, Anitta reafirmou que jamais deixaria o amigo usar anabolizantes. “Eu vou lá deixar meu irmão acabar com o instrumento de trabalho dele, que faz ele tão feliz. Tô doida ainda não”, escreveu.

 

//platform.twitter.com/widgets.js

 

Miriam Leitão defende Raquel Dodge no twitter

Deixe um comentário

//platform.twitter.com/widgets.js

Indicada para assumir a Procuradoria-Geral da República, Raquel Dodge tem uma vasta experiência no combate à corrupção, é considerada muito técnica e seu forte é a área criminal. Ela é mestre em Direito pela Universidade de Harvard  ingressou no Ministério Público Federal em 1987.

Antes do anúncio do nome da futura procuradora-geral da República, Michel Temer se reuniu com a base de apoio dele na Câmara dos Deputado  e com o ministro do Tribunal Superior Eleitora, Gilmar Mendes, que se tornou uma espécie de conselheiro jurídico de Temer. Mendes foi o principal defensor da escolha de Doge para suceder o então procurador Geral da República Rodrigo Janot.

” Dodge Como subprocuradora-geral da República, esteve à frente de vários processos contra a corrupção, dentre eles está a Caixa de Pandora, que levou para a prisão o então governador do Distrito Federal José Roberto Arruda, e o processo contra o ex-deputado Inocêncio Oliveira, que estava envolvido com trabalho escravo”, diz Miriam.

Dodge foi indicada pelo presidente Michel Temer para ser a nova Procuradoria-Geral da República, mesmo sendo a segunda mais votada. Sua nomeação deixa o futuro da operação Lava-Jato, incerto, já que a nova procuradora se encontrou com o presidente no Palácio do Jaburu na terça-feira (8) à noite, fora da agenda oficial. A assessoria da presidência informou que o assunto tratado no encontro foi a posse da nova procuradora.

A criação de uma nova força-tarefa para investigar a Lava-Jato, composta pelos procuradores José Augusto Simões Vagos, Eduardo Ribeiro Gomes El-Hage e Lauro Coelho Júnior, todos do Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro. A nova equipe não vai ter dedicação exclusiva à operação, acumulando seus demais procedimentos. Todas essas mudanças faz aumentar a desconfiança em relação à nova procuradora.

Older Entries Newer Entries